17 de nov de 2013

Kiss or Mischief - capitulo 7 e 8

CAPITULO 7

 Eu já estava em casa, na cama, chorando... Sem ao menos saber o porque de toda aquela dor dentro de mim.
 Eu não posso continuar apaixonada por aquele cretino sem coração. Mesmo tão perto ele continua dolorosamente longe.

NARRADORA-ON
 A garota fecha os olhos e adormece ainda chorando. Sua antiga carta esta em mãos, esperando para ser lida a muitos anos atras.
- Helena, minha mãe esta chamando vo ...cê - Diz Justin ao entrar no quarto sem notar a menina dormindo.
 Ele chega perto de Helena e reconhece a carta ao seu lado, a pega e lê com curiosidade.
"Prazer em conhecer, Justin! Sou Helena Carte da sala ao lado da sua. 
 Você não me conhece, não é? Mas eu sei quem você é.
 Já faz uns meses que te admiro, desde o dia em que ficamos na mesma sala por falta de alunos e alguns professore. Eu nunca tive coragem de falar com você pessoalmente, então escrevi meus sentimentos por você nesta carta.
 Justin Bieber, eu te amo."
 O garoto olha para a menina adormecida ao seu lado e da um sorri quase impercebível.
NARRADORA-OFF

 NO OUTRO DIA

 Acordei disposta a acreditar que nada tenha realmente acontecido na minha vida. Fomos para o colégio calados e fiz questão de preferir estudar todas as horas ao invés de encarar aquele rosto que me deixa totalmente confusa. A sorte é que só tenho que falar com ele nas aulas de segunda... Ou talvez seja um grande azar.
 Voltamos e evitamos um ao outro durante todo o dia e de noite a família toda decidiu assistir filmes. Desde filmes de terror, que impressionou bastante quando eu disse alegremente que é minha categoria favorita, até os chatos romances que Pattie e Jazmyn concordaram em assistir e conseguiram convencer  todos na casa.
- Esses filmes são tão lindo, não acha Helena? - Patricia me pergunta chorando olhando o grande final de Titanic.
- Não sei, prefiro os finais de Shakespeare. - Respondo com tédio e percebo um minusculo sorriso nos lábios de meu pai. - Por que ele morreu? Cabia perfeitamente em cima daquele troço de madeira! - Completo com um tom brincalhão fazendo Jeremy e meu pai rirem, mas Pattie não gosta nem um pouco.
- Viver com seu pai não te proporcionou romance nenhum, Helena. - Ela me repreende. - Nunca amou ou gostou de algum garoto? - Coro com sua pergunta e abaixo a cabeça contraindo a boca para controlar o riso.
 Justin solta uma risada debochada e me queima com os olhos.
- Tenho certeza de que ela já gostou de alguém. - Arrasta aquelas palavras de modo que chama a atenção de todos.
- Não acha que é ao contrario, Justin? - Pergunta Pattie. - Lembro-me que você sempre falava dela para mim quando era pequeno.
- Sério? - Pergunto surpresa.
- Lógico que não. - Diz ele um tanto bravo. - Ela não faz meu tipo.
- E você não faz o meu! - Digo eu revoltada.
- Jura? - Pergunta Justin já sorrindo? Ele vai aprontar! - Eu tinha tantas esperanças depois que li sua mensagem cheia de amor. - Eu o olhei sem intender. Minha fixa estava começando a cair...
 Não pode ser.
"Prazer em conhecer, Justin! Sou Helena Carte da sala ao lado da sua..." - Ele começou a recitar de um modo poético.
- Como você... Isso é... - Eu não formava uma frase.
 "...Já faz uns meses que te admiro, desde o dia em que ficamos na mesma sala por falta de alunos e alguns professore..."
- O que é isso? - Pattie pergunta.
- "... Justin Bieber, eu te amo." - Ele acaba com um grande sorriso e olha para mim com aquela cara debochada.
 Eu me levantei e já não aquentava aquela raiva. Fui até ele e tirei seu sorriso com um belo tapa na cara, todos olhavam... Ele me olhava apavorado.
- DEPOIS DE TANTO TEMPO VOCÊ DECIDE LER MINHA CARTA? - Pergunto eu gritando.
- VOCÊ ESCREVEU PARA MIM, NÃO FOI? - Grita ele no mesmo tom.
- Escreveu essa carta? Quando? Por que não contou? - Meu pai chegou perto de mim cheio de perguntas.
 Meu celular decide tocar nesse momento, olho no visor e é Chaz ligando.

LIGAÇÃO ON-
- Acalme-se, eu estou bem aqui fora. - Chaz diz com uma voz pouco magoada. - Diga a verdade e venha aqui!
LIGAÇÃO OFF-
 Como ele... Ao olhar pela janela enorme da sala meu olhar se encontra com o de Chaz Somers.
- Você me odeia, não é? - Digo me virando para Justin. - Vai ser sempre assim?
- Eu não sei nada sobre isso! - Diz ele olhando em meus olhos. - Os sentimentos de uma pessoa pode mudar. Você pode odiar uma pessoa hoje, mas pode ama-lá amanhã. - Justin sussurra como se estivesse só eu e ele ali.
 Eu já não sabia o que dizer naquele momento.
 Eu apenas sai dali.

 O abandonei como ele fez tantas vezes comigo.

Só me permiti chorar quando estava nos braços de Chaz, quando estávamos sozinhos em seu carro, quando tudo estava distante... Quando ele estava distante.

CAPITULO 8


 Quatro meses foi o que se passou desde que estou na casa dos Biebers. Me acostumei com ele e tudo por causa de Pattie e Jazzy, já a dupla de irmãos me irrita profundamente e Jeremy trabalha muito igual papai.
- FÉRIAS! - Grito junto a garotinha que adotei como uma nova irmã para mim.
- PAREM DE GRITAR! - Jaxon e Justin gritam para nos, jogamos pragas para eles pelo o olhar e nos entreolhamos. 
 Sorrimos.
- Temos direito de gritar. - Eu digo para eles.
- As meninas que falam pra onde a gente vai esse mês. - Fala Jazmyn para os garotos.
 Justin chega perto de mim e sussurra no meu ouvido: - Já disse que você me traz azar? - Olho para ele rindo e logo ele sorri também. - Mais uma primeira vez, Helena.
 "Mais uma primeira vez"? O que isso significa?
 Deixo as perguntas de lado e volto minha atenção para os planos de viagem das férias com a pequena.

[...]

 Horas depois eu me tranco no quarto, Pattie levou Jaxon e Jazmyn para ver os avós e meu pai esta em uma viajem de trabalho.
 Seu trabalho exigiu que ele viajasse por algumas semanas e deixou que ele levasse uma pessoa... Fui trocada pelo Jeremy.
 Eu pedi desesperadamente para ir junto, só para sair desse sufoco por alguns dias...
- Idiota. - Murmuro para mim mesma, esperando que ele escute.
 Decidi por uma musica e colocar minha habilidade de dançar em dia.
 Ao som de EXID comecei com a mais simples e fácil coreografia.
 Acabando meu treino com uma animada musica do Usher, propositalmente lembrando de Justin.
 Sentei-me cansada na cama. Uma musica triste começou a tocar na playlist do Ipad.
 Por que ele teve que ir?
 Por que teve que me deixar apesar de tudo?

 Mamãe odiaria essa viajem com um amigo.

 Ah, mamãe! Nos deixou totalmente desamparados sem saber para onde correr.
 Se eu pudesse sair daqui e ir visita-la.

 Um pensamento perverso me ocorreu. Sempre que Justin entra em seu quarto leva as chaves de casa com ele.
 Um sorri maquiavélico surge em meus lábios.

 [...]

 Uma vez dentro do quarto daquele garoto com uma lanterna já me passa pensamentos indesejáveis pela cabeça.
- Controle-se. - Disse baixo para mim mesma.
 Passo os olhos demoradamente pelo local e acho as chaves no criado mudo perto da cama.
- Bingo! - Riu sozinha de modo que não acorde ele.
 Ao lado dele me perco admirando seu rosto perfeito. Tão lindo ali dormindo ele me lembra o garoto por quem me apaixonei anos atras.
 Balanço varias vezes a cabeça para me desvencilhar dessas ideias. Pego as chaves e dou meia volta para sair do quarto... Até sentir uma mão envolvendo meu pulso.
- A que pensa que esta fazendo? - Ele pergunta antes mesmo de abrir os olhos.
- Não roubei nada! - Alerto soltando-me de sua mão e deixando a chave cair.
- É, eu sei. - Justin me puxa com tanta força que caiu em sua cama. - Não vou fazer nada que você não goste. - Diz com uma voz ameaçadora.
 Bieber esta em cima de mim, segurando meus braços acima da minha cabeça com uma das mãos e a outra esta passando pela lateral do meu corpo.
- Me solta. - Digo olhando para ele. Ele me olha e chega perto o suficiente para que sua respiração curta e rápida bata contra minha boca e se junte com a minha.
 - Nunca se sabe quando um anjo se torna um monstro! - Sussurra ele para mim.
 Tão perto que se eu inclinar a cabeça um pouco posso beija-lo.

E ai garotas, gostaram?

10 Comentários para continuar?
Assunto para falar com vocês?


14 comentários:

  1. Perfeito continua ♥

    By: Evelllin

    ResponderExcluir
  2. Cooontinuua amoor tá perfeiitoooo .

    ResponderExcluir
  3. Oi..sou a jujuba e gosto de sua fic, mas ta tudo muito rapido e pouco detalhado, ai eu nao consigo acompanhar e ver certo a personalidade dos personagens, se ru arrumar isso vai ser perfeitooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Gostei da sua ideia de detalhar mais a história. Eu até tive uma certa ideia para o próximo capitulo!
      Obrigada pela... Orientação/Dica.

      ASS: Beatriz.

      Excluir
  4. Leitora nova !!! To amando !
    Bjs gaby

    ResponderExcluir
  5. cooooooooooooontinua , pelo amor de deus :o , ah eu to perdidinha aque, perdi a Ib que eu tava lendo :c

    ResponderExcluir
  6. Continua logo -.- você disse que continuava com 10 comentarios e ja tem mais que 10. continua por favor . Eu sou viciada nessa fic amo demais e acho você uma otima escritora. a unica coisa ruin é que você demora muito pra atualizar ;( continuuuuuuua pf bjs linda *-*

    ResponderExcluir
  7. OMG ta muito perfeito... continuaaaaaaa

    ResponderExcluir