22 de nov de 2013

7. This is love

“Toda vez que você me olhar e me ver sorrindo, saiba que eu estou pensando em você.”
— Linkin Park”

Savannah colocou a cabeça para fora da janela do carro,  Justin ria da atitude da garota, ela não ligava para ele,  a apenas sentia o vento no rosto.  Justin parou o carro em um posto de gasolina , Savannah correu para a conveniência.  Entraram novamente no carro,  Savannah gargalhava e Justin imitava o rapaz que o enchia, falando sobre o seu carro antigo.
—Vamos ver seus irmãos? — Justin concordou,  sorria tanto. —Oh , baby baby...— cantarolou Savannah,  dando um sorriso para Justin.
— Não conheço. — Justin olhou para paisagem, já vendo os belíssimos mares da Califórnia, sentia-se cada vez mais leve. —Quer parar na praia?— Perguntou ele, olhando mais uma vez para os mares.
— Agora não, Jus. — A garota sorriu, pegando a mão de Justin que não estava no volante. — Eu estou com medo. — Justin a olhou por um instante.
— Por que?
— Conhecer seus irmãos, é estranho. — Ela fez uma careta, ainda segurava a mão do rapaz. Justin riu, pegando sua mão, massageou-a .
— Eles vão ser legais, prometo.  — Savannah concordou, pegando o refrigerante esquecido na porta copos. 
It's been too long since later never came. — Cantarolou mais uma vez Savannah.  
— Sua voz parece de um anjo. — Falou ele, deixando Savannah corada. — Ela é aveludada, e por algum motivo, me acalma.  — Ela tentava não sorrir, mas era impossível.

Justin parou o carro em frente a uma casa meio esverdeada, e uma piscina ocupava o lado da casa, mas apenas um jardim simples na frente, Savannah viu Justin sair e logo aparecer do seu lado da porta, abrindo-a para ela sair. Cavalheiro, pensou ela, soltando uma risada estranha e cheia de medo.
— Você deveria ir primeiro, tipo, eu vou depois. — Justin sorriu e logo pegou em sua mão, guiando-a até a porta, na qual o garoto tocou o sino e passou a esperar. Uma linda moça, cujos cabelos dourados vinham até a cintura os atendeu, dando o maior abraço em Justin, que fez o mesmo, e a encheu de beijos.
— Eles estão tão empolgados, não param de pular! — Ela sorriu.
— Lil, essa é a Savannah.
— Oi querida,me chamo Elisa— Ela falou, sua voz saiu falsa, como se houvesse ciúmes ali.
— Prazer, Elisa. — Savannah abriu um sorriso sincero e grudou mais uma vez sua mão na de Justin. Os dois entraram na casa, duas crianças se sentavam sobre o tapete, as duas grudadas na TV.
— Adivinhem quem chegou? — Falou a mulher, com uma voz empolgada, trazendo os olhares das crianças para Justin.
— Justin! – Gritaram em une-som, e logo correram até o rapaz, grudando em suas pernas. Justin se agachou, dando um abraço apertado nos dois.
— Quem é essa, Justin? — Perguntou  a garotinha, olhando para Savannah, que tentava não ficar vermelha.
— É a Savannah, uma... — Pausou o rapaz, sem saber o que responder. — Uma amiga, Jazzy.
—Ah, e o que ela faz aqui? — Justin riu, e olho para Savannah, que agora soltava uma gargalhada.
— Ela veio me acompanhar. — Ela olhou estranho para ele.
— Mas ela é uma garota, papai falou que garotas não podem ficar sozinhas com garotos.
— Isso Jazzy, continue pensando assim! — Jazmyn correu para Savannah, que logo abaixou, para falar com ela, enquanto Justin brincava com Jaxon.
— Você namora com meu  irmão? — Sussurrou Jazmyn para Savannah.
— Não, apenas amiga. — Sussurrou de volta. A pequena garota vez uma cara meio emburrada, talvez por achar Savannah uma garota bonita.

Justin corria junto com as duas crianças, Savannah ficou sentada em um banco, cuidando das coisas, não se importava muito, pois estava amando tirar as fotos deles, era tudo tão lindo para ela.  Já estava perto do por do sol, Jazmyn e Jaxon acabaram dormindo, deixando Justin por um tempo quieto, e junto com Savannah.
— Desculpa por não ter ficado com você. — Ele sussurrou em seu ouvido.

— Tudo bem. — Sussurrou de volta, e logo se virou para ele. A garota sentiu seu coração sair pela boca, e logo o beijou, foi um beijo calmo e apaixonante.

Ola gatas, comoe stão? Estou ótima. ESCUTARAM ALONE? PERFEITAAAAA <3 nbsp="" p="">
Gente, me ajudem, to querendo ficar com um mino da minha sala, e bom, ele édiu pra ficar comigo na terça, e bom, ta com fogo no cu, só pode, e nós simplesmente não ficamos, e bom, eu sou timida pra caramba e não sei como chego nele, me ajudem!! 
Carolina. 

8 comentários:

  1. Continua....boa sorte se for bonito pega logo per a timidez se não vem outra e já era.kk

    ResponderExcluir
  2. AAAAAAAAAAAAAAAH QUE FOFO!! CONTINUA PELO BIEBER AMADO!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Esta de mais, perfeito. Continua

    ResponderExcluir
  5. Perfeeeeeito OMG não vejo a hora de você postar! Divulga meu blog? http://belieberamo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir