10 de nov de 2013

5. This is love

As vezes se eu me distraio, se eu não me vigio um instante, me transporto pra perto de você.
— Pitty

Savannah encerrou a ligação, estava boquiaberta. Gostou de Justin, de verdade, e aquela ligação havia estragado todos seus planos. Colocou o celular no bolso do casaco e saiu pisando forte, talvez para não entrá-lo, ou algo assim.
Parou em frente a seu apartamento, um vento quente bateu contra seu corpo, mas ainda sentia o corpo paralisado. O frio já dominava Nova York, indicando que daqui a pouco começaria a nevar. Deitou-se no sofá, não se preocupou em tirar a roupas,  jogou a coberta em cima do seu corpo, estava exausta, mas conseguiu assistir um pedaço do filme.
Savannah pegou o celular que apitará mais uma vez, torcia para não ser Justin, mas algo indicava que era.
Savannah, onde você está? Tem um rapaz de procurando, o que eu falo?
— Josh.”
“ Pensei que te encontraria na cafeteria, mas parece que não. Onde está? Estou com saudades. É estranha pra mim também.
— Justin”
Caitlin entrou na sala gargalhando, o celular de Justin vinha em uma de suas mãos. Ryan a olhou, pedindo uma resposta.
— Acabei de livrar o Justin de uma furada.
— Qual?
— Falei que era namorada dele.
— Pra quem?
— Uma tal de Savannah.
— O Justin está gostando dela, Caitlin! — Repreendeu Ryan, que apertou as mãos.
— Não conta pra ele que foi eu!

Apertou o celular, não entendia o por quê da Savannah não atender seus telefonemas, isso era angustiante, parecia que todos estavam repetindo para ele os motivos.
— Justin, vamos sair! Para de ficar atrás dela. — Falou Emma, namorada do Christian.  
— Vamos, vamos sair sim. — Falou ele, tentando ser o mais agradável possível.

Justin foi junto com Christian e Emma em um carro, no outro carro foram Chaz, Caitlin e Ryan, todos indo para um barzinho no qual haveria uma apresentação musical. Sentaram-se nas mesas, Justin pediu um refrigerante, não iria beber essa noite. O microfone estava livre essa noite, Emma cutucou Justin, ele a olhou, a loira apontou para o palco.
— Hoje não. — Ele sorriu para ela, demonstrando o maior  respeito a ela.
— Só hoje. — O olhar de Emma era penetrante, fazendo-o se levantar e pegar o violão, trazendo todos os olhares das pessoas do bar para o pequeno palco.
— Boa noite, moças e rapazes. — Justin obteve alguns aplausos, indicando que todos estavam escutando. — A musica que eu vou cantar é uma minha, eu compus para uma garota que está aqui, e bom, pelo que eu lembro, quando eu cantei para ela, a vi sorrir. Essa é pra você, Cait.
“Well let me tell you a story
(Bem, deixe me contar uma história)

“About a girl and a boy
(Sobre uma garota e um garoto)

Justin sentou-se novamente em seu lugar, a aparência de Caitlin não era uma das melhores, talvez estivesse se sentindo culpada, apesar de sempre dizer a si mesma que não era por causa do seu telefonema com garota que a mesma não o atendia.
Justin voltou calado para casa, ele quem dirigia, já que todos haviam bebido um pouco. Caitlin o acompanhou no carro, deixando Emma e Christian sozinhos no banco de trás.
— Jus, você está bem? — Ela o olhou, a culpa a consumia.
— Estou ótimo. — Ele sorriu bem fraco.
— Você pode ir vê-la.
— Cait, Cait, Cait.
— É sério.
Justin parou o carro me frente a sua casa, Christian carregava Emma, que tinha dormido no carro, e Caitlin saiu às pressas, ninguém sabe pra que.  Justin encostou o rosto no volante, escutava a buzina, várias pessoas reclamavam, mas ele não ligava.

Savannah olhou para Victoria, que colocava o balde de pipoca em cima da mesinha de centro, junto a dois copos de refrigerante.
— Sav, o que aconteceu? — Victoria sentou-se no tapete ao lado de Savannah.
— Nada. — Sorriu amarelo. — É que eu estou cansada. — Savannah ouviu o celular tocar, o nome ‘Justin’  aparecia, desligou.
— Seu cansaço tem nome e sobrenome. É aquele gatinho que aparece quase todo dia na cafeteria?
— Acertou em cheio. — Savannah não falou empolgada, sua voz saiu bem desanimada.
— Está assim por que ele não foi hoje?
— Ele tem uma namorada. Eu não sabia. — Um longo suspiro saiu de sua boca. — Se soubesse, não teria nem me dado o luxo de abrir-me.
— Amiga, as vezes você precisa se abrir, correr os riscos da paixão.
— Vic, as coisas não são um conto de fadas. — Victoria assentiu e logo olhou para o celular, que piscava sem parar. Uma mensagem para ela, um rapaz que conheceu em uma festa.
— É o Wend, ele me chamou para sair, tipo, para sairmos agora. — Sorriu ela.
— Corre, vai colocar uma roupa descente.
— Me ajuda!

Justin tentava ligar para Savannah, mas a mesma não atendia, e algo estava acontecendo, isso era um fato. Justin saiu do carro e ficou no portão, uma hora ela sairia, pensava ele. Victoria vinha correndo, estava tão nervosa, passou pelo portão, só parou quando sentiu ser puxada, pensou em gritar, mas Justin começou a falar.
— Eu já te vi na cafeteria. Por favor, me ajude como eu posso falar com a Savannah? — Seus olhos imploravam ajuda, Victoria não resistiu, guiou o garoto até o porteiro, avisando que ele poderia subir sem ela. — Obrigada.
— Só uma coisa, não a faça sofrer. — Justin concordou, e logo subiu as escadas, já que o elevador se encontrava em reforma. — É o apartamento 25. (gente, se eu já falei o numero do apartamento dela, ignorem, eu esqueci.)
Justin parou em frente a porta toda decorada, já sabia que era ela, sorriu abertamente, tocou a campainha, estava espera. Ela abriu a porta.


Olá minhas tchucas, como estão? Estou ótima!! Bom, gente, eu quero saber se estão gostando da estória, pois eu estou. Olha, eu não estou achando confuso, mas se estiverem achando que ficou complicado, só me avisarem, beleza? 
Mil beijos.
Carolina. 

10 comentários:

  1. Carol ta perfeito, chega da uma parada na garganta quando ler, ai nun sei explicar mais ta perfeito velho, não ta complicado nao amor ta perfeito, espero que eu seja a primeira aushauh, mano ta mt perfeito, n sei se vc já pôs a foto da savannah, mas eu quero uma foto se voce já botou ignora, mas eu quero u3u, eu imagino ela como a Savannah que faz video na ytb com o namorado Jared, mas ignora, sei nem mais oq eu to falando heuheuheu, ai e amor eu sei que é chato e bá, mas eu comecei um blog hj e eu queria pedir se voce pode divulgar, a url é: fanfics-justinbieber.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Tá muito bom cara...nossa essa história tá linda e os dois São uns fofos ahh continua logo por favor bjus
    @luh18gatinha

    ResponderExcluir
  3. confuso? eu não estou achando nada confuso, está perfeita, essa é a melhor ib que eu estou lendo atualmente :3
    CONTINUA!!

    ResponderExcluir
  4. Perfect ♥♥ pleease continua to amando bjoos da brubs ♡

    ResponderExcluir
  5. Esta perfeito! Continua logo pls

    ResponderExcluir
  6. pft como sempre! Tudo q vc escreve é perfeito, q incrível ççç
    posta logo q eu tô ansiosa, beijão

    ResponderExcluir