21 de dez de 2014

Twelve - One

 

                                       Abril: o mês do amor



1 ano atrás. 
Abril.

Mais um dia comum.
Eu me levantei e fiz as mesmas coisas de sempre: tomar banho, vestir a roupa do trabalho, comer, escovar os dentes e pegar as chaves do carro.
- Hey, Justin. – Josh, meu amigo e colega de trabalho, me cumprimentou assim que cheguei na empresa. Eu trabalhava numa agência de publicidade.
- E aí, cara. – eu falei.
- Já pensou em algo para a campanha de sexta?
- Ainda não e você?
E foi assim que nós ficamos conversando. Até o meu mundo parar.
Tudo aconteceu rapidamente. Nós estávamos caminhando até a sala de reunião quando eu a vi.
- Quem é? – eu indiquei para a garota conversando com Lindsay, a secretária do meu chefe.
- Ah, é a nova secretária. – Josh comentou.
- E a Lindsay?
- Vai ficar um tempo fora, você sabe como é esse negócio de licença maternidade.
Assenti.
- Como ela se chama?
- Hastings...- Josh coçou a cabeça, pensativo. – April Hastings.
April Hastings era a garota mais bonita que eu havia visto na vida. Ela tinha cabelos castanhos e lisos, com pontas encaracoladas que iam até a cintura, olhos grandes e pretos e um corpo perfeito. April Hastings sacudiu a cabeça e sorriu. Ela também tinha o sorriso mais lindo de todo o mundo. Eu poderia ficar ali parado pelo resto do dia só a encarando. Mas Josh me cutucou.
- Fecha a boca se não você vai babar aqui mesmo.
Eu não respondi nada. Eu só queria ir cumprimentá-la.
- Eu vou lá falar com ela.
Então eu fui.
Quando eu cheguei perto da April Hastings, Lindsay se despediu dela e depois foi embora.
Eu acho que eu realmente estava parecendo um idiota a encarando sem parar, mas é que ela era muito linda.
- Oi? – April Hastings disse. Ela tinha a voz mais doce de toda a humanidade.
- O-oi. – eu gaguejei. Merda.
- Sou April Hastings. – ela estendeu a mão.
- Justin Bieber.
Respirei fundo e apertei a mão dela, o que me causou arrepios, mas foi uma sensação realmente boa.
Continuei:
- Então...ouvi dizer que você vai trabalhar aqui.
- É , vou ser a assistente do senhor McCartney. – April Hastings começou a mexer em alguns papéis.
- Grande responsabilidade. – eu disse. -Parabéns. Quero dizer, bem vinda. Seja bem vinda.
Eu estava absolutamente nervoso, acho que eu poderia começar a suar a qualquer momento. Já ela não parecia estar nem um pouco nervosa. Ela estava...normal. Perfeitamente normal.
- Uh, obrigada, você é um fofo. – então April Hastings me abraçou. Ela tinha cheiro de flores, rosas para ser mais exato. Era o melhor perfume do mundo. E os cabelos dela... os cabelos dela tinham cheiro de chocolate. Eu nunca esqueceria o cheiro dela, nem em um milhão de anos.
Depois que ela me largou, eu senti como se meu mundo tivesse ficado incompleto, vazio. Como se eu precisasse de mais alguma coisa.
- Eu espero que você goste de trabalhar aqui, April Hastings. – finalmente disse.
- Pode me chamar de April. – então ela me deu mais um daqueles sorrisos perfeitos. – Claro, se você quiser.
- Hey, April, vem aqui, preciso te ensinar uma coisa. – Jennifer a chamou.
- Eu tenho que ir. – April gesticulou.
Tudo o que eu fiz foi assentir.
Era como se eu estivesse hipnotizado.
Então ela se foi.
Mas o perfume dela ainda estava ali.




 *********************************************************************
Comentem o que estão achando!

+5 comentários.

4 comentários:

  1. Continua flor esta perfeito!!!! E eu NÃO gostei da sua ideia de só doze capítulos e de postar todos os dias... EU AMEEEEIIII kkkkkk eu prefiro assim pq aí não vou precisar fica esperando semanas por um capítulo que mts vezes é pequeno e sem graça (digo isso me referindo às outras fics que eu leio e não a sua, pq eu gostei mt de ler o seu primeiro capítulo).... Continuuuuaa!!!!!
    Ludy =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc não disse que iria postar todos os dias???!! Sinceramente estou decepcionada com vc....
      Ludy :-(

      Excluir