8 de dez de 2013

Love Will Remember - capitulo 8 : Três meses depois



meu vestido vermelho hoje à noite
Dançando no escuro, à luz pálida da lua
Fiz o cabelo bem grande como uma rainha da beleza
Sem o salto alto, estou me sentindo viva –Lana Del Rey
Lizzie Narrando

Eram 07:15 da noite, eu e Lilly estávamos fazendo o cabelo para irmos a uma balada, e ouvi um barulho de tiro, e nos assustamos.
-Lilly, entra no banheiro e fica lá, vou ver oque aconteceu. –Ela apenas assentiu e correu pro mesmo. Peguei uma arma que eu tinha, sim, eu tenho uma arma guardada. Mas nunca a usei.
Desci escondida e vi sangue na sala. Merda.
-Justin ?! –Gritei o procurando. Fui até a cozinha, e ele estava lá, abaixado. –Oque houve? –Ele fez sinal pra que eu não falasse nada e eu abaixei ficando do lado dele.
-Oque houve?
-Me encontraram Liz, me desculpa. –Ele chorava, mas não de raiva, seus olhos estavam claros como o sol, e isso me assustou um pouco. –Vocês duas tem que sair daqui. Pega meu carro na garagem e as passagens de volta pro Canadá, te encontro em casa. Vá! –Ele me deu um beijo, mas não foi  qualquer beijo, esse beijo tinha medo, como se ele fosse me perder pra sempre, e eu estava com medo de algo acontecer. –Anda Liz, não dá tempo pra pegar roupas, só pega a Lilly, e some daqui!
Eu assenti com medo, e dei-o um selinho demorado. –Eu te amo. –Falamos juntos, e rimos fraco.
-Até mais Bieber.
–Isso tem 2 meses, DOIS MESES ! Justin sumiu depois desse dia. Não consigo falar com ele, e ele não me manda mensagens! Estou entrando em depressão sem esse babaca.
Lilly está morando comigo desde então. Cait e Mel sempre estão aqui, e nós sempre dormimos umas 4 da manhã, por ficarmos conversando coisas aleatórias.
-Liz eu  as me... Ah não amiga, de novo? –Ela me abraçou forte. Eu estava chorando tudo oque tinha e oque não tinha.
-Cait, eu... to com medo de alguma coisa acontecer com ele. –Ela me apertou mais forte ainda, e começou a cantar uma musica que minha mãe cantava pra mim.
-Dorme pirralha, as meninas estão fazendo a janta, e depois eu te acordo. –E se foi, fechando a porta. Em menos de uma hora eu estava dormindo.

Justin Narrando
Brazil, 00:30, São Paulo.
-Até mais Bieber.-Ela me deu um selinho demorado, e correu pro quarto onde Lilly estava. Eu sai da cozinha, procurando Victor. Ele quase me matou hoje, mas eu não vou deixar barato. Ele tentou chegar perto da minha Liz, e com isso, ele é um “homem” morto.
Ouvi o carro dar partida, e olhei a janela, vendo minha princesa e a Lilly saindo de casa. Liz chorava e estava com a arma na mão, tentando prestar atenção no transito.
Meu coração ficou despedaçado depois que eu vi isso, mas eu tinha que continuar forte por ela. É , por ela, vamos lá Bieber!
Peguei uma outra Ranger  minha e fui até onde Victor se escondia. Se eu fosse rápido, eu poderia voltar logo pra casa.
Mas eu não fui. Quando estava quase no escritório dele, os seguranças me pegaram. Eu escapei e consegui chegar no carro, e fugi. Sim, eu fugi e peguei o primeiro avião para o Canadá.
Mas eu estava sem grana e sem carro, então tentei ligar pro Ryan, e ele disse que mandaria um carro. Que nunca chegou. Estou a dois meses tentando chegar em casa, voltar pra minha pequena, mas não chego lá nunca !

Lizzie narrando
Stradford, Canadá, 1 mês depois, 14 horas
Hoje faríamos 5 meses, e ele não está aqui comigo. Lilly está no mercado, e eu estou fazendo  a comida para o jantar. Hoje é natal querida !
-LIANDRA DÁ PRA ATENDER? –Caitlin gritou e eu apenas bufei. –TO ENTRANDO!
Ela chegou em casa cheia de sacolas e eu por um momento gelei. Porra, não comprei presentes pra ninguém . Mas logo lembrei que eu tinha comprado muitas coisas do Brasil pra todos, e claro, tinha adiantado algumas compras de natal.
-Oi Caitlin. –Falei tirando o frango do forno, e o colocando na mesa. A campainha tocou uma, duas , três, quatro vezes, e eu gritei para esperar. –JÁ VOU, ESPERA MERDA!
Ajeitei meu cabelo, e fui até a porta. Olhei o olho mágico, e quase tive um ataque do coração. Era ele .
Abri a porta e ele sorriu feliz. Eu ainda estava extasiada com  o fato dele ter aparecido assim, do nada, mas sorri junto dele.
-Lizzie... –Senti seus dedos ásperos passarem por minhas bochechas , e deixei uma lagrima escorrer pelas mesmas. –Eu estava com tanta saudade de ti minha pequena.
-Eu também estava... –O abracei fortemente, e senti ele soluçar. –Não chora por favor.
-Desculpa Liz, eu não... não consegui evitar. –Eu o olhei, e ele me beijou com ternura, e paixão. Nosso beijo transmitia amor, saudade, e medo. –Eu te amo tanto princesa.
-Te amo mais meu Drew. –Dei-o um beijo, e o puxei pra entrar. Voltei pra cozinha e Cait gritou um “JUSTIN MEU GOSTOSO !” e eu ri disso. Se eu tenho ciúmes deles juntos? Não, ela é minha melhor amiga, e eu confio nela.
-Liz, eu e o Ryan... JUSTIN ! –Ouvi Lilly gritar, e Cait e eu começamos a rir.
-Oi baixinha. –Eles foram conversar, e Ryan veio me dar um beijo na bochecha.
-Liz, oque a Lilu ia falar, é que nós vamos no shopping daqui a uns 40 minutos, e ela queria que você fosse com ela pra ajudar a escolher os presentes.
-Tá Ry, só me deixa terminar isso aqui. –Estava fazendo rabanada, e brigadeiro, já que todos nessa casa são apaixonados por brigadeiro. E também, a feijoada da tia Ally, que logo estaria aqui.
Depois de uns 20 minutos eu terminei de fazer tudo, e fui tomar um banho pra tirar o cheiro de gordura que estava em mim. Coloquei uma calça jeans preta, um coturno, que é inseparável , e um moletom preto, escrito “We Won’t Stop The Love” e peguei minha bolsa, com dinheiro meu celular e claro, meu gloss de menta *--* .
Lilly estava com o rosto vermelho de raiva de me esperar, e eu dei-a a língua, fazendo ela me mostrar o dedo.
-Vamos Lilu? –Ela assentiu e correu pro carro. Chegamos em vinte minutos no shopping, e então... Lá vamos nós...

24 de dezembro, 22 horas.
Estávamos todos na sala, conversando, bebendo, rindo, e brincando. Pattie estava aqui, junto com tia Ally, mas elas foram na casa de tia Ally, para pegar algo.
Justin estava diferente, não chegava perto de mim direito, e mal me olhava, ou falava comigo. Caitlin a mesma coisa. Estou começando a desconfiar deles... Mas eles são meu namorado e minha melhor amiga, eles não fariam nada comigo. Confio neles.

Justin Narrando  
Quando cheguei em casa, Liz me atendeu, nós nos beijamos e entramos novamente. Cailtin gritou “JUSTIN MEU GOSTOSO” e pude ouvir a risada doce e gostosa da minha princesa.
-Justin... –Cait me chamou e eu a olhei. Ela estava muito perto, muito mesmo.
–Estava  com saudades de você.
-Ca-Caitlin... –Eu me afastei dela, mas ela continuou vindo pra cima de mim. –Não faz isso Caitlin, você é só minha amiga, e eu te-tenho namorada, que é sua melhor amiga.
-Eu não ligo, eu sempre te amei Drew, eu sinto sua falta. –Ela deu mais um passo e me beijou. E por incrível que pareça, eu não recuei, ou a empurrei, eu a beijei de volta. Ela segurou na minha nuca, acabando com o espaço que tinha entre nós, e eu a virei, encostando-a na parede e apertando sua cintura.
-Liz, eu e o Ry... –Me separei da Caitlin rapidamente, e ela me olhou sorrindo,  e correu pra me abraçar, mas não antes de gritar “JUSTIN!”

Lizzie Narrando
23:00min 24 de dezembro
Tia Ally e Pattie já estavam de volta, e nós fomos jantar. Justin se sentou do lado de Lilu, na minha frente , e sorriu ao olhar pra mim. Eu sorri de volta, mas ainda estou desconfiando.
Terminamos o jantar, e Justin chamou a atenção de todos, pra fazer um comunicado especial. Se eu fiquei nervosa? MUITO !
-Então gente, hoje é quase natal certo? E bom, eu e a Liz estamos fazendo 5 meses, e eu queria oficializar as coisas. Lizzie, minha pequena, você quer... –eu o olhei quase chorando- quer casar comigo?
Eu não reagi, só o encarei sorrindo, e ele riu alto junto de todos, e me abraçou forte.
-Sim! Sim, é claro que sim meu amor... –Sussurrei no ouvido dele, que me encheu de beijos  no rosto.
-Feliz natal gente ! –Gritei e todos começaram a se abraçar, menos Caitlin. Ela me encarava com raiva, e eu não estava entendendo o por que .
-Jus, a Cait ta me encarando estranho desde que você chegou... –falei baixo, só pra ele ouvir.
-Está? –Ele ficou nervoso de uma hora pra outra, e começou a ficar vermelho.
-Calma príncipe, tá tudo bem. Depois falo com ela. Quero curtir você agora meu príncipe. –Ele sorriu, e me deu um selinho.
-Você tá linda amor. –Ele me deu um beijo no pescoço, me arrepiando e riu. –Eu estava com tanta saudade de você princesa...
-Eu também estava Jus... Você estava aonde? Demorou 3 meses pra chegar em casa...  –Passei a mão no rosto dele. Aquela barba dele, estava me enlouquecendo.
-Estava voltando pra cá princesa, eu fiquei sem carro, e tive que vir de carona, mas quando cheguei em Ontário, eu vim andando. Ninguém me deu carona. –Ele fez bico, que eu mordi de leve. –Te amo.
-Também te amo. –Pattie nos chamou pra começarmos a troca de presentes, e nós fomos. Caitlin chamou Justin pra conversar, e ele assentiu desconfiado. Me deu um beijo na testa, e disse “ já volto meu amor” .

01:30 25 de dezembro de 2013
Justin e Caitlin ainda não voltaram, então fui atrás deles. Segui até a escada, e pude ouvir eles discutindo.
Justin eu te amo! Não entende isso ?
Caitlin, eu NÃO amo você ! Entenda ! Eu amo a Lizzie ! –ouvi algo quebrar, deduzi que fosse um quadro, ou um vaso.
Por que Justin ?Por que você não me ama? Não sente mais nada por mim ? –Ela se acalmou.
Cait, eu já te disse o porque. Você sabe que eu não posso sentir nada por ti, depois do que fez comigo principalmente. –oque ela fez  ?
Mas Justin, eu mudei! Posso te provar ! –Ouvi passos vindo até a porta e desci as escadas correndo. Em 2 minutos ele estava do meu lado.
-Liz, pessoal, mãe, eu vou dormir, boa noite. –Deu um beijo na testa de Pattie e de Lilu, e me deu um selinho, e foi pro quarto.
-Gente, eu também vou, boa noite. –Abracei cada um, menos Cait, que se recusou a me abraçar. Fui pro quarto, e encontrei um Justin dormindo serenamente.
Troquei de roupas, e me deitei ao lado dele, o abraçando por trás. Ele segurou minha perna e começou a fazer carinho nela. Sorri dando-o um beijo no ombro, e adormeci sentindo ele fazer-me carinhos na perna.

Justin Narrando
Lizzie me abraçou por trás e dormiu. Eu me virei pra ela, e dei-a um beijo na testa.

FlashBack on
Cait oque foi? –ela me olhava enfuriada.
Deita na cama. –eu cruzei os braços e a encarei. –Deita agora nessa cama! –Ela apontou a arma pra mim, e eu deitei. Ela é louca, e poderia me matar.
Caitlin oque você quer? –ela me beijou, e dessa vez eu não continuei o beijo. A empurrei pra longe de mim, e ela sentou no Jerry :3 me fazendo gemer baixo.
Isso Justin, geme pra mim geme. –Ela tirou a blusa, e começou a rebolar em cima de mim ,eu estava  me segurando pra não gemer, pra ela parar, mas ela sabe como me excitar. Ela me prendeu na cama, com algemas, e tirou minha calça e minha cueca. Eu estava de pau duro, admito.
Ca-Caitlin nã-não faz isso... –Ela estava com um vestido, e sem calcinha, ou seja, ela apenas se encaixou em mim, e começou a cavalgar. Caitlin rebolava e esfregava os peitos no meu rosto, e eu os chupava pois ela me obrigava.
AH  JUS! ISSO, forte... –Ela me beijou, e novamente fui obrigado a corresponder. –Me fode Justin, isso, vai.. Mais... Aw, aaaw, vou gozar Jus... –Ela deu um gritinho, e eu senti sua vagina se contrair em mim.
Você continua ótimo meu amor. –Ela sorriu e me beijou. Eu estava chorando de raiva dela, e ela ria alto. –Agora me chupa filho da puta. –Ela se sentou na minha cara, me sufocando, até eu começar a chupar ela. Caitlin rebolava no meu rosto e me chupava também. Eu estava forçando meu pau na garganta dela, e ela engolia tudo oque eu forçava.
“Vadia” pensei quando ela gozou no meu rosto, e esfregou a buceta na minha cara. Eu ainda estava sendo chupado, e ela mordeu a cabecinha do meu pau, e na hora eu gozei.
Eu te amo Justin. –Ela me beijou, e senti o gosto do meu pau na minha boca.
Me solta Caitlin, por favor. –Implorei-a. Ouvi passos na escada e começamos a discutir.
Justin eu te amo! Não entende isso ?
Caitlin, eu NÃO amo você ! Entenda ! Eu amo a Lizzie ! –ela quebrou um quadro, e me olhou enfuriada.
Por que Justin ?Por que você não me ama? Não sente mais nada por mim ? –Ela se acalmou.
Cait, eu já te disse o porque. Você sabe que eu não posso sentir nada por ti, depois do que fez comigo principalmente.
Mas Justin, eu mudei! Posso te provar !
Flash Back Of
Nunca mais eu chego perto da Caitlin. NUNCA !

Oi meninas tudo bom ? Voltei com esse capitulo meio louco pra vocês haha. Enfim, vou encurtar, comentem ! 13 comentarios e eu continuo :3 gostaram da “cena” com o Jus e a Cait? Querem hot nos próximos? Com 13 eu faço no próximo  u.u
Amo vocês, beijoos Ana

14 comentários:

  1. AIIIIIIIIIIIII CARILHOS!! CONTINUA PELO BIEBER AMADO!

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaaaaaaaaaa OMG!! Ta perfeito adorei o final hehe continua! Nome: Suellen.

    ResponderExcluir
  3. A caitlin fez Issuh na casa da Lizzie, ou issu Ja tinha Acontecido?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na casa da Lizzie , quando ela chamou ele pra "conversar"

      Excluir
  4. Caramba, que tenso! Continua, esta perfeito.

    ResponderExcluir
  5. Vish perfeito (8' continuuuuuua

    - Victoria Marques

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir