25 de dez de 2013

Kiss or Mischief - Capitulo 20 - Ainda podemos ser feliz


Seus lábios nos meus lábios. Isso é um Feliz, Feliz Natal - Justin Bieber, Mistletoe

UM ANO DEPOIS...
- Helena, já esta tudo pronto? - Gritam-me no andar de baixo. Diferente do natal passado, papai resolveu passar este ano em um lugar diferente, iriamos para a festa de seu trabalho que teria alguns quarterões daqui.
- Espera, to descendo! - Eu corria até na escada para chegar rápido na sala. Nicco disse que iria me esperar lá, mas era só isso. - To descendo, to descendo e desci! - Digo rindo ao chegar perto do meu pai.
- Esta linda, querida! - Jack sorriu para mim.
 Para quem esta se perguntando quem diabos é Nicco posso dizer que não é meu namorado, por mais que eu amasse a ideia, Nicco é gay e tem seu amigo cor de rosa sempre nas horas... Precisas, digamos assim. Apesar de tudo ter acontecido, ainda amo Justin e sei que isso vai durar por um bom tempo. Todos os dias olho minhas redes sociais e mensagens na esperança de ter noticias dele, mas tudo que encontro são mensagens de Chaz e das Jones.
 Sinto tanta falta deles.
 As vezes penso como seria se tudo desse certo, como seria se ele dissesse que me ama e me impedisse de me mudar para longe dele. Cada momento daquela tarde ainda domina minha mente, os segundos da nossa primeira vez foi os melhores desde a morte de mamãe e...
- Chegamos, Lena. - Meu pai me chama e eu saiu do carro. Aquele monte de gente se amontoa naquele grande local, muito diferente do último natal que tivemos.
 Sozinhos.
 Antes mesmo de entrar a musica batia nos meus tímpanos e me deixava surda, adultos bebiam e os poucos adolescentes se reuniam para conversar abaixo da neve. Peguei algo forte para beber, olho para meu pai e ele já esta ao lado de seus amigos.
- Hena, que gata você 'ta! - Italiano é uma linguá difícil de se falar, mas qualquer um que conhece Nicco iria reconhece-lo pelo jeito doido de falar. Ele me abraça forte e beija cada uma das minhas bochechas.
- Você também, meu lindo! - Riu quando ele da uma rodadinha para mostrar suas roupas mais no estilo britânico. Ele ama a moda da Inglaterra.
- Vai pegar alguém ou a bebida é para esquecer a solidão? - Seus olhos brilham curiosos para minha bebida e a sacudo com cuidado fazendo os gelos tilintarem.
- Tenho vinte anos! - Digo para ele tentando fugir da pergunta, mas Nicco levanta uma sobrancelha querendo saber a verdade. - Segunda opção. - Respondo entre um gole e outro. Tudo que queria mesmo era que esse álcool me fizesse esquecer de Justin pelo resto da vida, mas ele não faz isso nem por um minuto.
- Ótimo, por que Papai Noel esta ai para as crianças quero fazer um pedido no lugar do meu irmão. - Sou levada até a área das crianças. Nicco tem 23 anos e seu irmão, Mike, tem 5. Na primeira vez que vi Mike ele perguntou por que o irmão dele beijava meninos.
- Por que me pergunta isso? - Foi uma palavra final, não sabia o que falar.
- Não conta, mas eu já vi ele beijando o amigo dele. - E então caiu a ficha de que até Nicco tinha alguém e eu não. Triste mesmo foi ver os dois juntos no dia dos namorados enquanto eu comia uma pizza com Eva, minha amiga.
 Enquanto eu via meu amigo gay de vinte e três anos sentar no colo do velhinho que atendia crianças só para pedir uma foto para mostrar pro irmão, imaginei se ele poderia atender meu pedido de estar com Bieber neste natal.
- Dizem que todos os desejos que fazemos para este velho se realiza. - Eva aparece ao meu lado do nada, me fazendo acreditar mais uma vez que ela é uma bruxa.
- Esta lendo pensamentos agora, bruxinha? - Pergunto para me virando para ela.
- Não, mas sua cara diz isso. - Eva responde simplesmente. Rindo, Nicco me chama para tirar foto com o Noel também.
- O que quer de natal, minha filha? - O cara pergunta para mim.
- Pode me dar um pinguim de pelúcia, papai noel? - Pergunto e ele tira uma ficha de seu grande saco vermelho.
- É só pegar naquela lojinha ali. - Ele responde eu vou até a loja rindo com Eva e Nicco. Pego meu pinguim roxo sem saber muito bem o porque disso, mas abraço forte.
 Poderia ser ele, Helena.

- Como foi a festa? - Meu pai pergunta alegre para mim. Balanço a pelúcia em minhas mãos e ele ri, me fazendo rir junto.
- Papai Noel me deu de presente. - Digo sorrindo para ele.
- Bom, acho que ele te deixou algo na nossa árvore. - Não entendo muito o que ele quer dizer, mas sorriu mesmo assim. Lembro-me que minha mãe costumava deixar presentes debaixo da árvore de natal para mim dizendo se o famosos velhinho que colocou ali.

 Ao chegar em casa entramos pela porta de trás da casa por causa da garagem. Aperto o interruptor e as luzes acendem um pouco fracas, noto que estão cobertas com um tipo de pano formando bolas de enfeite para natal. Olho para baixo e encontro pegadas no chão coberto de pétalas de rosa.
 Ando mais um pouco e vejo o brilho das luzes no pinheiro ao canto da sala, as sombras na parede formam o formato de uma caixa grande ali do lado. Olho para meu trás procurando meu pai e tudo que encontro é ele fazendo sinal para mim continuar andando.
 Chegando na sala olho bem para a caixa gigante embrulhada no lado da árvore. Encosto minha mão e rasgo o papel por inteiro.
 Justin sorri dentro da caixa.

- Como você... Como ele... - Não consigo formular a pergunta. Olho para meu pai e ele esta sorrindo.
- Feliz Natal! - Ele me beija na testa e sobe para seu quarto. Volto meu olhar para Justin dentro daquela grande caixa.
- Pode me tirar daqui? Tenho fobia de lugares assim. - Bieber me olha agora com um pouco de medo. Meus dedos trêmulos abrem a caixa e ele dá um passo para frente, saindo da caixa.
 Nos olhamos por um pequeno minuto e finalmente consigo sorrir e me mover para abraça-lo com força. Seus lábios procuram os meus e nos entregamos totalmente um ao outro. Justin me pega no colo e entrelaço minhas pernas na sua cintura.
- Senti sua falta. - Sussurro entre nossos beijos.
- Eu ainda sinto. - Ele sussurra um pouco rouco para mim.
 Sou deitada devagar no sofá da sala e fico por baixa. Justin separa nossas bocas e fico perdida olhando para ele.
- Tenho que te dar meu presente ainda, Helena. - Ele sorri e me da um mero selinho rápido, levanta e pega algo dentro daquela caixa. Me sento observando seus passos largos e deselegantes até mim, Justin se ajoelha na minha frente segurando uma pequena caixinha preta nas mãos.
- Como todo boneco, tenho acessórios. - Então abre a caixinha mostrando um anel prateado com uma pequena pedrinha em cima, parecido com o que contem eu seu dedo anelar direito. - Quer brincar comigo pelo resto da vida? - Sua pergunta me choca e abro minha boca para responder, mas não consigo. Tudo que faço é beija-lo, dar a ele um beijo sem fim nenhum.
- Eu te amo tanto! - Justin sussurra colado em mim, ele esta com os olhos bem fechados.
- Diz isso de novo. - Peço olhando para ele. Seus olhos se abrem demonstrando paixão, brilhando como se fosse a lua cheia em um céu com pequeninas estrelas ao lado.
- Eu amo você! - Ele diz mais anto me olhando fundo nos olhos. -  EU-TE-AMO! - Ele grita olhando para cima e abrindo os braços.
-
 Agora eu tenho o que ninguém mais tem.




10 comentários:

  1. Awwwwn que fofo *-* morrida aqui *-* continua <3

    ResponderExcluir
  2. Se uma pessoa está entediada no natal com a família a primeira coisa que ela faz é verificar se alguma adm tbm está entediada e postou um cap !! E para alegria desse ser vc postou o melhor cap da ib inteira !! OMG n tenho palavras para dizer o quanto eu amei o juss dentro da caixa , fui até conferir em baixo da árvore kkk !! Feliz natal , obrigada pelo presente ;) Gaby

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Deus! (tbm olhei) kkkkkkk Que bom que você gostou do capitulo *-* De nada e Feliz Nata pra ti também!!!

      By: Bea

      Excluir
  3. Estou amando essa imagine, demais, mas comecei a fazer uma e gostaria que as pessoas lessem também, não quero roubar suas leitoras, de jeito nenhum kkkk

    http://enigmasdeumpassado.blogspot.com/b/post-preview?token=jtKnKUMBAAA.fH6SWSCDdTPjjRzORyNDRQ.4ji6xLKFyoCRDB2Bn8aIXw&postId=4110060042422617718&type=POST

    Vou continuar lendo sua imagine amore pode deixar :)

    ResponderExcluir
  4. Que perfeiiiiiiiiiito. *-------* to morrida aqui. ! Awnn serio ta muito fofo mesmo, eu amei muitãaaaaaaaao hyaheega u-u

    ResponderExcluir
  5. AWNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN MEU DEUUUUUUUUUUUUUS! PERFEITO DEMAAAAAAAAAAIS!

    ResponderExcluir
  6. AAAAAAAAH PEEERFEEECTTT AAAMANDO #MORRENDO 3...2..1 #MORRIDAA PEERFEEEITOOOOOOOOOO .

    ResponderExcluir
  7. Continua, esta perfeito.

    ResponderExcluir