6 de out de 2013

Losing Grip - Capítulo 14

Eu estava com Justin trancada em sua sala. Sim, trancada. Se as circunstancias fossem outras talvez isso fizesse de mim a pessoa mais feliz do mundo. Mas não. Eu chorava incontrolavelmente e me sentia péssima por isso, me sentia fraca por Justin me ver daquele jeito.

-Claire. –ele se aproximou de mim. –Por favor não chora.

-Como Justin? –eu gritava. –Eu to totalmente na sua e descubro uma merda dessas. –me permiti dizer tudo o que eu queria.

-Não era pra nada disso ter acontecido. –ele passou a mão na cabeça.

-Por que se aproximou de mim? –perguntei

-Eu queria ter certeza de que estava bem. –ele me olhava. –Você passou por muita coisa, Claire.

-Você foi um idiota quando nos conhecemos. –joguei isso na cara dele que me olhou um pouco triste.

-Eu estava estressado com tudo isso, Claire. –ele foi me explicando. –Se não fosse esse acidente eu nunca teria ido falar com você.

-Então se aproximou de mim por pena? –eu questionei incrédula.

-Não, Claire. –ele ficava cada vez mais nervoso. –Eu só queria fazer alguma coisa por você.

-Poderia ter feito naquele dia. –eu cuspia as palavras em cima dele. –Se você tivesse ao menos chamado uma ambulância. Minha irmã poderia estar viva. Ela morreu por sua causa. Porque você foi um covarde.

Os olhos de Justin marejavam, talvez eu estivesse sendo muito dura com ele, mas eu precisava dizer o que eu sentia. Eu me sentia como se estivesse desmoronando, como se cada pedaço de mim estive estraçalhado. Em um instante Justin me deixava completamente feliz e me fazia esquecer os problemas e no outro era como se ele esmagasse meu coração. A dor era tão grande que eu sentia que iria desmaiar a qualquer momento, minha cabeça latejava e minhas lágrimas pingavam incessantemente.

Fui seguindo em direção a porta, precisava me acalmar e ficar ali com Justin não ajudaria em nada. Eu estava segurando a maçaneta da porta, prestes a abri-la quando senti as mãos de Justin sobre as minhas, sua respiração batia na minha nuca e por um instante pensei que esqueceria tudo o que tinha acontecido.

-Por favor, Claire. –ele disse sussurrando. –Não me deixa aqui. Não vá embora chorando por minha causa. Eu não posso suportar isso.

-Foi você quem causou isso. –eu abri a porta. –Arque com as consequências. –eu então saí dali.

Segui pelos corredores da empresa sem rumo, minha vista estava embaçada e eu me sentia meio zonza. Peguei minha bolsa na minha sala e fui pra casa de taxi, não conseguiria me concentrar em nada. Disse que não me sentia bem e fui liberada mais cedo. Fiquei o dia inteiro jogada na cama.

Não fui trabalhar durante três dias, dizia que estava doente e que não me sentia bem. Não saia de casa e não atendia ao telefone, nem mesmo Amber. Só respondia suas mensagens dizendo que estava tudo bem, mas que não poderia encontrá-la naquele dia. Não fui nem mesmo ao corredor do prédio, com medo de esbarrar com Justin. Quando foi quinta feira, aproximadamente umas cinco da tarde, fui até o mirante da cidade. Sim, era o lugar favorito de Justin, mas eu precisava sair um pouco de casa e talvez a imagem das luzes de Nova York me fizessem pensar melhor sobre tudo o que estava acontecendo.

Eu estava sentada, com o olhar fixo naquelas luzes, sentindo a brisa bater em meu rosto. Ouvi alguns passos atrás de mim e depois alguém se sentou ao meu lado. Não vi quem era e nem olhei pro lado.

-Esse lugar é ótimo pra pensar. –reconheci sua voz.

-Ou tentar esquecer. –eu disse.

-Existem coisas que você talvez não entenda. –Justin dizia de forma suave. –E eu não posso te explicar agora. Mas eu quero que saiba, que tudo o que eu fiz até agora foi por me importar com você. –ele puxou meu rosto fazendo com que eu o olhasse nos olhos. –Me deixa cuidar de você, cuidar dos seus medos.

-Eu... Eu não sei Justin. –eu me perdi naqueles olhos. Era possível ver total sinceridade neles e naquele momento eu soube que independente do que aconteceu aquela noite, houve uma razão pra tudo. -Ninguém nunca quis cuidar de mim antes. –eu suspirei. –Na verdade ninguém nunca fez nada de bom pra mim.

-Eu quero você, Claire. –ele acariciou meu rosto. –Não importa como, nem o tempo que leve. Mas eu quero você. Eu te quis desde o momento em que você me ajudou naquele elevador.

-Mas você sempre se esquivava. –eu disse sem entender nada. –Eu pensei que você não visse nada demais em mim.

-Como eu disse, existem coisas que eu não posso te explicar. Não agora. –ele sorriu de canto. –Mas eu preciso que confie em mim e que me queira da forma como eu te quero.

-Eu sempre te quis. Te quis tanto que comecei a precisar mais de você, do que precisar de mim mesma. Ah! E isso foi uma das piores coisas que eu poderia ter feito. –ele riu de leve.

-Eu nunca quis te magoar, Claire. –ele disse serio dessa vez. –Te ver sair chorando daquela sala foi como levar uma facada no peito. –eu o encarava sem dizer nada. –Eu sei que sou um idiota, mas eu prometo que vou tentar compensar tudo o que aconteceu.

-Acho que posso aceitar isso. –sorri de canto.


-Ótimo. –ele sorriu e se aproximou de mim. Cada vez mais até que seus lábios tocaram os meus. De forma tão suave e tão delicada que eu até estranhei, mas aos poucos a intensidade foi aumentando e eu fui sentindo a urgência daquele beijo. Justin foi me deitando aos poucos na grama e me beijava de forma doce e selvagem ao mesmo tempo. Era como estar no paraíso cada vez que o beijava. Era o momento perfeito acontecendo, eu esqueci de tudo e mesmo que não entendesse o que aconteceu aquela noite eu sabia que Justin teve um motivo e que por mais que demorasse eu ficaria sabendo algum dia qual foi. Estava perdida naquele momento quando escuto uma sirene. Parei de beijar Justin e quando ambos levantamos demos de cara com dois carros de policia parados na nossa frente.

                                                              ...  
Olá meninas, como estão? Gostaram do capítulo? Espero que sim. Me desculpem as meninas que eu havia prometido que postaria na sexta, tive imprevistos e não teve como eu escrever, me desculpem mesmo. Por hoje é isso, um beijão e até o próximo. E comentem muito. ASK


35 comentários:

  1. Ahhhhhhh mds, primeira? Que honra!
    Enfim, cada vez mais pfta essa IB. Não consigo parar de ler. Continua loguinho baby!

    ResponderExcluir
  2. PUTA MERDAAAAAAAAAAAAA! SINTO CHEIRO DE RUIM!! AAAAAAAAAAH JESUUUR CONTINUA PELO BIEBER AMADO!!

    ResponderExcluir
  3. Aiiiiiii continuaaaaa pfvvv

    ResponderExcluir
  4. AAA ELE NN PODE SER PRESOO!!!!!!! ELE TEM QUE FICAR COM A CLAIRE

    ResponderExcluir
  5. Ahhh como sempre está perfeito amei o jeito do Jus com a Claire ownn muito fofo... agora o final na hora que estava rolando o clima brincadeira neh polícia aparecer e atrapalhar o momento kkk nada ver kkkk estou louca pra o próximo cap. já viciei
    @luh18gatinha

    ResponderExcluir
  6. Me mata de curiosidade mesmo !!! Ta perfeitaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  7. Xiiii deu merda o.O continua a ib é perfect ♡♥

    ResponderExcluir
  8. Vish! Só eu que acho que os tiras vão prender o Justin? O.o AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAh NOOOOOOOOOO Gente agora a bagaça vai. AH Num sei kkkkkkkk
    @ToryLay

    ResponderExcluir
  9. NÃO CREIO TÁ PERFEITOOOOOO CONTINUA

    ResponderExcluir
  10. Hey, estou de volta, fiquei totalmente sem internet, mas continua beijinhos

    ResponderExcluir
  11. Ahhhhhh mds eu acho que o Bieber vai ser preso
    Hey sua IB é perfeita *-*
    Continuaadaaaaaaaaa pleaseeeeeee

    ResponderExcluir
  12. Ahhhh que bom q eles se acertaram,ta perfeito *----* cooontinua

    ResponderExcluir
  13. Continua bicth tá P-E-R-F-E-I-T-O serio.

    ResponderExcluir
  14. Continua :)
    http://ficsbiebs2013.blogspot.pt/ podes divulgar sfv ? Obrigada :D

    ResponderExcluir
  15. ficou demais adorei continua o mais rápido possível =)

    ResponderExcluir
  16. mds q perfeito continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa pfv amei a policia foi lá pra prender o justin?

    ResponderExcluir
  17. aaaai meu Deus! Ja disse que as suas fanfics são as melhores? Pois é. Vc consegue me deixar super curiosa e eu volto aqui todo dia pra ver se vc ja postou haha
    Tô amaaaaando, continua loogo !

    ResponderExcluir
  18. PER-FECT.... continua pelo amor de Deus

    ResponderExcluir
  19. Continuaaaaa pelo amor de Deus
    TA MUITO PERFEITA CONTINUAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  20. Pleease continua as fics :33
    bjoos ♥♥

    ResponderExcluir
  21. CONTINUAAA TA MUITO PERFEITOOOO

    ResponderExcluir
  22. ta de brincadeira, vai me deixar curiosa mesmo ta bom sua má kkkkkkkkkkkk continuaaaaaaaaa bjs por-Geisiele

    ResponderExcluir
  23. Sério continuaaaa por favor continuaaa

    ResponderExcluir
  24. tipo... perfeito ( leitora nova)


    ~lou

    ResponderExcluir
  25. Crlh uii mals pela palavra oow continua Beggin again pf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Divulga princess ? http://thedrewchannel.blogspot.com.br/2013/10/mirrors-34-care-leia-o-recado.html?showComment=1381552997904&m=1

      Excluir
  26. Coooontinue please , tá per-fe-ct (:

    ResponderExcluir
  27. Heey vc ñ vai mais postar?continua pleeease ♥♥

    ResponderExcluir
  28. COOONTINUUUAAAAA!!!!!!

    ResponderExcluir
  29. nao pare de ler ou voce morrera em 2015 um homem chamado carlos tushkia morreu em seu quarto foi assassinado por um espirito ele ignorou uma mensagem e foi morto depois desse dia ele atormenta pessoas que ignoram esses tipos de mensagens e quem ignorar isso sera morto essa madrugada enquanto dorme repasse para 10 posts e sua vida estara sal

    ResponderExcluir