29 de jan de 2014

Classic - Introdução

Oi, gatinhas!
Aqui estou eu, Vic, novamente.
E dessa vez não é para dar uma notícia ruim.
Eu passei a madrugada inteira acordada só pensando no que eu ia fazer e cheguei a uma conclusão: nova fanfic. Essa eu não vou abandonar, juro. Se eu abandonar, vocês podem me bater. Enfim, eu espero que vocês gostem e tudo o mais porque eu estou escrevendo essa fic com muito carinho e dedicação. Eu já tinha deixado a introdução lá no social spirit, mas decidi que vou começar a postar aqui e lá.
O trailler tá bem ruinzinho mesmo, mas lá vai: https://www.youtube.com/watch?v=8xz3-rYnhY4
E sobre a história: Bem, eu sou horrível em fazer sinopses, então, como eu não sei o que falar, vou deixar a introdução para vocês.

         - Tudo bem, eu já estou indo. - gritei para Jas.
Ela estava na porta do nosso dormitório me esperando para irmos pra aula. Jas era a minha melhor amiga e esse era o nosso primeiro dia na faculdade. Cidade nova, pessoas novas, vida nova, tudo novo. Longe de tudo e de todos, e principalmente dos problemas do meu passado. Fora justamente por isso que eu havia me mudado para Montreal: para esquecer tudo. Eu não queria que nada me fizesse lembrar do que tinha acontecido. E agora, em uma cidade nova, ninguém ficaria sabendo quem eu era e muito menos sobre o que tinha ocorrido comigo.
Eu peguei alguns livros de acordo com o meu horário de aulas. Vesti um casaco e só. Montreal costumava fazer mais frio do que a cidade em que eu morava e eu ainda estava me acostumando com isso.
- Pronto. - eu tranquei a porta e verifiquei. 
- É só relaxar. - Jas me encarou enquanto entrávamos no elevador. O nosso prédio era composto apenas por meninas e havia várias no elevador naquele momento. - Ninguém vai reconhecer você. - ela sussurrou para mim, ciente de que nenhuma outra menina que estivesse ali pudesse ouvir.
- É o que eu espero. - saí do elevador e apertei os livros nos braços. Aquilo não era uma forma de me assegurar para que eles não caíssem, era mais uma tentativa de me assegurar das pessoas e do mundo.
- Morg, não tem como saberem sobre você. 
- Uh-hum. – eu disse um pouco receosa.
- Qual é a sua aula de agora? – Jasmine olhou ao nosso redor e eu olhei também. Eram tantas meninas conversando ao mesmo tempo e nos olhando como se fôssemos alienígenas. Quero dizer, estavam olhando para mim. Não tinha como estarem olhando para a Jas.
Ela era linda. Tinha cabelos loiros e brilhosos que iam até o busto, olhos verde claro e um corpo que qualquer menina gostaria de ter. Além disso, ela tinha autoconfiança de sobra e, por onde ela passava, as pessoas admiravam. Diferentemente de mim, que sempre fui um desastre total.
- Anatomia e a sua?
- Sociologia. – Jas respondeu. Ela cursava Direito e eu, Medicina. – Nos vemos no intervalo?
Assenti.
Nós atravessamos o campus e nos despedimos.
Eu fui para o prédio de Ciências Humanas e peguei o elevador. Pelo que eu havia pesquisado, o prédio de Ciências Humanas era o mais antigo de toda a faculdade. Ele fora construído no final do século XIX e seu estilo era uma mistura eclética de gótico e vitoriano. As janelas eram estreitas e em arco, com vidros trabalhados. A fachada de pedra era multicolorida, mas o cinza predominava. Caminhei por aqueles corredores com um pouco de medo, mas depois que eu percebi que as pessoas não estavam falando sobre mim, suspirei aliviada. Algumas meninas conversavam sobre garotos, outras sobre matérias, mas eu não estava a fim de saber. Fui para a classe de anatomia e me sentei numa cadeira dupla que estava na frente. Era tão bom não estar no colegial e saber que ninguém ali me conhecia, saber que as pessoas não estavam preocupadas com a minha vida.
Pelo menos ainda.
Eu nem sei o que faria se elas descobrissem sobre o meu passado.
Aos poucos, a sala de aula foi se enchendo pela massa. Pessoas em todos os lugares que logo se sentaram quando o professor chegou.
‘’ Mr. Phillip’’ Foi o que o senhor de cabelos grisalhos escreveu no quadro negro.
- Bom... -ele começou a dizer, mas sua atenção logo foi voltada para o garoto que estava na porta. Ele tinha cabelos castanhos claros e olhos de cor caramelo. Era alto, com grandes músculos nos braços, possuía algumas tatuagens e seus traços eram diferentes de qualquer um que eu já havia visto. - Pode entrar, senhor Bieber. – o professor disse casualmente, como se aquilo fosse comum. O garoto olhou em volta e, como não havia mais nenhuma cadeira disponível, ele se sentou ao meu lado.


- Como eu ia dizendo, estou segurando um mapa da sala de aula, em branco. – Mr. Phillip disse. – Cada retângulo corresponde a uma mesa desta sala. Escrevam seus nomes no retângulo apropriado e passem adiante. – Ele jogou o mapa na mesa, à minha frente. –Espero que gostem de seus parceiros – observou ele – Vão passar oito semanas com ele.

Comentem aí que eu continuo.
Beijinhos da Vic. xx
Ah, me sigam no instagram: @victst. Sigo de volta.

12 comentários:

  1. Posta o primeiro cap logo pvfr !! Gostei muito /gaby

    ResponderExcluir
  2. SELINHO *-* (Meio atrasado kkk)
    http://queen-of-swaggy.blogspot.com.br/2013/11/1-selinho.html

    ResponderExcluir
  3. Parece ser muito legal ...
    Continua *-*

    ResponderExcluir
  4. Quero que comece imediatamente... cara só com esse pedacinho já quero mais, muito mais então continua logo!!

    ResponderExcluir
  5. Posta logo, estou ansiosa.

    ResponderExcluir
  6. coooontinuua ta perfeitooo

    ResponderExcluir
  7. UUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUI MEU DEUS QUE PERFEIÇÃOOOO!! CONTINUA LOGO PELO BIEBER AMADO!!

    ResponderExcluir
  8. DIVULGA PRA MIM POR FAVOR http://imaginebelieberjustins.blogspot.com.br/ LEIAM !

    ResponderExcluir
  9. Leitura nova aqui uhuu \0/ bom, odorei parece ser mt legal e sua escritura é perfeita, parabéns!
    By ketlin voigt.

    ResponderExcluir