6 de jun de 2013

Chosen • capítulo 6 • o jogo - parte I

Meu corpo soava frio. Todos os fios de cabelo do meu corpo se eriçaram. Certamente era a história mais assustadora que ouvira em toda a minha vida, e de algum modo me atingiu em cheio. Me era familiar. Então me veio a lembrança dos sonhos que sempre tivera, com uma garota que a cada noite via pedaços de sua vida sofrida, e soube que era a mesma da história que Jason tratava. Senti um forte aperto em meu peito e percebi que meus olhos marejavam.

- Você está bem? Está muito pálida.

A voz de Jason soou doce e até mesmo preocupada, e então segurou minha mão, afagando-a com o polegar.

Balancei a cabeça em afirmativa e tentei encontrar alguma firmeza em minha voz.

- Não se preocupe, eu só não esperava tal estória. 

Jason balançou a cabeça conciliadoramente e continuou com a carícia. Permaneci calada tentando dissipar o mau sentimento dentro de mim, quando fui pega de surpresa novamente.

Você precisa me ajudar.

Senti minha espinha se contrair e um frio tomar conta de todo meu corpo. Ouvira de novo. Fechei meus olhos com força tentando ignorar, mas a sensação ruim permacera.

Cumpra sua missão, não desvie de seus caminhos. Preciso que me ajude.

Apertei meus olhos com mais força e cobri meus ouvidos com minhas palmas abertas, pressinando-as com força. Aquilo não poderia ser real, minha cabeça estava me pregando peças, certamente. Senti mãos frias sobre as minhas e por estinto tirei-as com agressividade, só então percebendo que eram de Jason. Ele me olhava completamente confuso, quase como se fosse uma... Maluca. No momento até eu pensava o mesmo, não podia culpa-lo. Preferia acreditar que tudo fazia parte de minha imaginação. Me desculpei com lágrimas escorrendo por meus olhos e me deitei, ignorando suas perguntas insistentes.

• • •

Diferente das outras manhãs, não fui acordada com um belo sorriso a minha espera, o que provavelmente afetaria ainda mais o meu humor. Um fecho de luz forte embaçava minha visão, me fazendo levantar rapidamente para fechar as cortinas. 

Após o período confuso pós-sono, me dei conta que estava sozinha no quarto. A cama do Jason estava impecável, indicando que ele já havia acordado e a arrumado, já que não tínhamos ninguém para fazer isso por nós aqui. Continuei deslizando meus olhos cansados pelo quarto, até que eles se depararam com um relógio em cima da mesinha de cabeceira da minha cama. Ele indicava exatamente 12:30. Em letras pequenas abaixo do horário situei-me de que hoje era sábado. A primeira semana havia passado rápido. Amanhã faria um mês completo que estava naquele local, e já estava me acostumando. Não era difícil com alguém como Jason ao meu lado, mesmo com um provável fantasma se comunicando comigo e um idiota acabando com meus dias. Mas não queria pensar nisso àquela hora da manhã, então ao ouvir minha barriga roncar, logo decidi ir ao refeitório.

Levei 20 minutos para tomar um banho rápido e me trocar com uma roupa fresca, já que hoje o clima tinha dado uma esquentada. Às 12:57 pisei sobre o chão de pedras brancas frias, ainda com esperança de encontrar algo para comer, mas não havia nada nem ninguém. Sem conseguir sair de lá, meus olhos foram levados até a estreita porta no canto do estabelecimento e quase desmaiei. As lembranças me tomaram junto com uma péssima sensação de mal estar. Faziam dias que não ouvia nada. A semana havia passado calma, e tentei ao máximo esquecer da voz, da história. Não vira mais Justin direito, e nenhum sinal de qualquer coisa sobrenatural. Mas encontrar este local vazio me trouxe tudo mil vezes mais forte. Lembrei-me das palavras de Jason, das lembranças da garota que atormentava meus sonhos, da tenebrosa voz e quis correr para longe mas meu corpo me puxou em direção da porta. Agachei-me ao seu lado, e senti um novo choque ao tocar meus dedos na superfície metálica e gelada da porta. Empurrei-a devagar, e então ouvi outra voz.

- Spence.

Era Jason. Me senti aliviada e assustada ao mesmo tempo, e um pouco tímida por ele ter utilizado meu apelido para me chamar. Levantei-me depressa. Ele não me vira abrindo-a pois ainda estava entrando, e eu agradeci por isso; não queria que acreditasse que havia acreditado em sua história horrenda sobre a menina. Caminhamos na mesma direção até nos encontrarmos.

- O que houve? Onde está todo mundo? Por que não me acordou? 

- Calma Spence - ele disse ainda com um tom divertido, repetindo meu apelido. Adorava como ele soava em seus lábios. - Primeiro, me desculpe por não ter te acordado. De verdade, eu tentei. Passei mais de dez minutos te cutucando nos lugares mais propensos a cócegas de um ser o humano, te chamando, mas você simplesmente não acordava. Tinha quase certeza de que estava morta - ele deixou uma outra leve risada escapar, e eu também. Sempre tive sono pesado, mas nunca a esse nível. - Bom, mesmo hoje sendo sábado, Susan nunca nos deixa livres. Mais cedo ela anunciou uma competição esportiva no campo, e disse para todos estarem lá, sem exceções. Vim te buscar. - ele me lançou um belo sorriso sincero, que não hesitei em retribuir; com Jason não era difícil. Ele fez um sinal com a cabeça e começamos a andar em direção do local.

- O que vamos ter que fazer? - perguntei, tentando puxar assunto.

- Ela ainda não explicou. Disse que queria que estivessem todos lá para começar, então não se incomode de receber alguns olhares raivosos quando chegarmos.

- Certo. - respondi num tom risonho. Não me empenhei em tentar prolongar o assunto pois percebi que estávamos cruzando uma porta de saída que dava de encontro a um grande campo onde todos se encontravam organizados em filas paralelas, de frente a uma pequena coordenadora com roupa esportiva, que era Susan. Ela parecia ainda mais bizarra vestida daquela forma.

Como Jason havia previsto, senti alguns olhares irritados me queimarem mas nenhum se comparava ao de duas pessoas: Susan e Justin. O segundo indivíduo também estava lá, enfiado bem no meio da primeira fileira com um sorriso sacana nos lábios e um short esportivo bem justo, marcando sua bunda avantajada e o volume do seu membro. Tentei ignorar meu último pensamento.


- Olha quem decidiu dar as caras! - Susan disse num to irônico com sua voz de bruxa, virando-se sobre os calcanhares em minha direção. - se não se importa, entre em uma dessas filas e faça o favor de não se manifestar até o final do exercício, nos poupando de mais interrupções. 

Assenti e engoli a raiva, que desceu rasgando por minha garganta. Junto com Jason me enfiei em algum lugar da ultima fileira, ignorando todos os olhares e sussurros.

- Bom, agora podemos começar. - após esperar que eu e Jason nos encaixássemos, ela voltar a falar no seu tom de voz "normal". - Sabendo da tendência dos adolescentes a ganharem peso, principalmente os que passam o dia sem fazer nada, como vocês, no Reformatório de Atlanta escolhemos alguns dias em que trocamos as aulas por atividades físicas, que também fazem parte da sua disciplina. Mas diferente do que vocês estão acostumados, decidimos trocar a catação de lixo e outros serviços comunitários por algum esporte que necessitasse um pouco mais do seu esforço físico, como queimado ou futebol. 

Todos vibraram. A mudança drástica de atividade física fez todos ficarem animados, não exatamente por gostarem desses esportes, mas por se livrarem de passar o dia inteiro nas ruas catando lixo, cercados de policiais nos monitorando para que não fugíssemos.

Por ordens de Susan, os times ficaram divididos entre as duas primeiras filas contra as duas últimas. Não posso negar que fiquei feliz com a divisão, porque além ficar no time do Jason, era do oposto ao do Justin, o que me possibilitaria acertar umas boas boladas em seu belo rostinho.

Meu time se posicionou ao lado esquerdo do largo campo de grama seca, e o adversário ao lado direito. Susan pediu para que cada time escolhesse um representante, e como é de se esperar, Justin foi escolhido pelo time adversário, e no meu, Jason foi escolhido.

Estava sem a mínima vontade de jogar, então passei pelo amontoado de pessoas que se concentravam no meio, me direcionando para extremo canto da quadra. Eu não era a única com desanimada por aqui. Alguns grupos de pessoas também se aglomeravam atrás, uns conversando animadamente, outros mal falando, e alguns apenas se encaravam. Eu não me encaixava a nenhum desses grupos, então apenas fiquei parada, contando os segundos para acabar. Já estava acostumada a ficar só. Filha única, criada sozinha pela tia que não possuía filhos. Cresci em meio de adultos, vivendo vida de adultos e fazendo trabalhos que adultos fazem, como varrer, cozinhar, limpar... Na verdade, trabalho de serviçal. Por levar esse tipo de vida, nunca tive contato com outras crianças, nunca tive a oportunidade de me socializar e nem mesmo de aprender a jogar simples jogos como Queimado.

- Bom, como todos já devem saber, o jogo Queimado tem como objetivo acertar a bola no seu adversário até todos serem eliminados. Enquanto um time estiver com a bola, o outro tem que se esquivar para não ser "queimado". 

Logo após de ditar todas as regras, Susan comandou que Justin e Jason tirassem par ou impar. Justin escolheu o primeiro, respectivamente, e Jason o segundo. Após sacudirem as mãos, mostraram seus dedos em tempos iguais, onde Justin havia levantado três e Jason um.

- Já comecei ganhando. - com um sorriso sacana, Justin pegou a bola da mão de Susan e sem nem dar tempo para Jason se afastar, ele a lançou em sua direção. Se não fosse os reflexos felinos de Jason, ela teria acertado bem em sua cabeça, mas ele conseguiu desviar, acertando no ombro de um garoto que estava meio desavisado.

Em um dos poucos momentos que parei para prestar atenção no desenrolar do jogo, presenciei duas garotas recebendo boladas na cabeça e alguns meninos em suas partes íntimas. Não pude conter o riso ao ver suas caras de dor. Prestando um pouco mais de atenção percebi a vantagem obvia que o time do Justin estava sobre nós; tínhamos 10 zumbis enquanto 23 pessoas corriam animadamente pelo seu campo. Na divisão de times, havíamos as pessoas mais desanimadas do reformatório, enquanto as outras poucas com espírito esportivo foram para o time adversário. Parecia que tudo sempre suspirava à favor da vitória do Justin. Isso me rever a minha desanimação; era maior do que minha vontade de derrotar o Justin? Definitivamente não era. Ela parecia até insignificante quando comparada a minha necessidade de acabar com aquele sorriso vitorioso em seus lábios. Ah, iria usar toda a minha pouca experiência esportiva para isso.

Continua.

SIM SIM SIM! HOJE FOI CONFIRMADA A MELHOR, A MAIS MAGNÍFICA E PERFEITA NOTÍCIA DE TODOS OS TEMPOS! SIM SIM SIM! JUSTIN VIRÁ AO BRASIL NOS DIAS 2 E 3 DE NOVEMBRO DESTE INCRÍVEL ANO!

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ok. Vocês já entenderam que eu estou UM POUCO animada. Mas só um pouquinho, tá?! E sim sim sim! Eu VOU PARA O SHOW!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!!!!!

Não tive a oportunidade de ir para a My World Tour, mas a Believe Tour eu não perco nem que vacas cantem! Convenci meus pais de me deixarem ir, e eles vão pagar a pista premium e o meet&greet para mim como presente de 15 anos!!!!!!!!

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!

Ok, já chega. Só queria extravasar minha alegria em algum canto, e esse blog é meu (e da Ally) então foda-se skjldhahd

Só pra deixar bem claro, não quero jogar na cara de quem não vai poder ir nada, eu só estou muito muito feliz por ter essa chance, porque eu sou belieber há 3 anos e finalmente vou poder realizar meu sonho! Então antes que venham os comentários idiotas, quero deixar isso claro. Vocês deviam ficar felizes por não ser uma posers rs

Mas voltando à fic. Esse e o próximo capítulo não vão ser tão assustadores ou interessantes como os futuros, mas são extremamente necessários para acontecimentos futuros, então aguentem um pouco nesse mesmo assunto e comente muito também!

Vou querer mais 40 comentários e pedir que por favor, interajam comigo em qualquer canto que for. Seja nos comentários, no ask (clica!), twitter, diabo a quatro, adoro conversar com vocês sobre qualquer assunto, arranjo da onde for, e por favor, deixem suas opiniões sobre a fic a no comentário! (dica: adoro comentários grandes)

Então é isso, me sigam no twitter, perguntem na ask e curtam a página do blog no face! Beijão no coração.

ps: demorei um pouco a postar porque estava sem internet e só deu hoje, desculpem, se no final de semana tiver os comentários pedidos juro que posto sem falta!

Gio Xx

48 comentários:

  1. Estou amando essa fic, super perfeita, e estou curiosa para saber o que esse fantasma quer da Spence. Beijocass

    ResponderExcluir
  2. sinistramente sinistro bom ja q vc adora tanto conversar e eu tbm me ajuda to muito indescisa eu nao sei se vou no show ou se fasso a festa de 15
    a festa ja ta planeja tudo desde meus 10 anos ou seja ja tem 5 anos que eu espero esse dia mais o justin é muito importante pra mim e minha mae deixou eu ir se eu quiser trocar a festa pelo show me ajudaa

    ResponderExcluir
  3. Perfeitoo!! Leitora nova aqui!! E vc vai no show do Rj ou Sp? Eu vou no meet&greet tbm do show do Rio (tbm vou ganhar de aniversario de 15 anos) aaaahhh to muito ansiosa!! Ok somos abençoadas!! E na My World Tour eu ganhei de aniversario tbm, sorte é eu fazer aniversario no fim do ano!! Kkkkk bjsss DIVA e porfavor CONTINUAAA!!

    ResponderExcluir
  4. Perfeitoo!! Leitora nova aqui!! E vc vai no show do Rj ou Sp? Eu vou no meet&greet tbm do show do Rio (tbm vou ganhar de aniversario de 15 anos) aaaahhh to muito ansiosa!! Ok somos abençoadas!! E na My World Tour eu ganhei de aniversario tbm, sorte é eu fazer aniversario no fim do ano!! Kkkkk bjsss DIVA e porfavor CONTINUAAA!!

    ResponderExcluir
  5. ai n enrola posta logo pelo amor de Deus :D

    ResponderExcluir
  6. Adorei o capitulo, cara ficou de mais, to muito curiosa para saber o que vai acontecer nessa fic, acho que essa foi a unica fic que eu li que se encaixa com a sinopse, porque as outras todas tem uma sinopse muito nada a ver. Adorei, continua.

    ResponderExcluir
  7. adorei, esta muito massa, continua por favor!!

    ResponderExcluir
  8. aaaaaaaaaaa! adorando,continua!

    ResponderExcluir
  9. Tá perfeita gata !

    ResponderExcluir
  10. Q perfeito, continua logo.

    ResponderExcluir
  11. Fico feliz por vc mas eu ñ vou poder ir na BT pq BH não tá incluída afff muuuuuita raiva mas enfim continua =) AKI BEGIN AGAIN NÃO VAI TER CONTINUAÇÃO NÃO ESTOU ESPERANDO ATÉ HOJE PORVAR CONTINUA ELA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! HEN??? ^_^

    ResponderExcluir
  12. Continuaaaaa, amei!

    ResponderExcluir
  13. Contiiinua ta perfeita,to doida pra eles ficarem junto *-* Eu acho que vou poder ir pra BT mas M&T acho que não :S contiiinuuuaa looogo plleeasseee !!!!

    ResponderExcluir
  14. mano,veio,que perfeitção.
    Adoro o jeito q vc escreve,tipo,com detalhes e palavras de nivel mais elevado.É bem raro.Normalmente eu leio fics que parecem ter sido escritos por meninas de 10 anos. UHAHUAHUHAHUA perde a graça.Ah e sua fic é foda também porque ta tudo acontecendo de vagar, não é como aquelas q em 2 dias eles já estão casados.NÃO PARA NUNCAAAAAAAAAAAAA!
    By:Ana Julia

    ResponderExcluir
  15. aahahahahacontinuaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  16. ahahahahah contnua vaii c ta conseguindo me deixar loucaaa

    ResponderExcluir
  17. Cara sou leitora nova e estou amando a ib!!
    Caramba já vi que essa ib é do tipo que faz a pessoa morrer de curiosidade kkkk
    Ahhh muito perfeito o capítulo!!
    Nossa que sinistro aquele quartinho :s
    Parabéns por vc ir a BT!!
    Continuaa diva
    Bjus!!!

    ResponderExcluir
  18. ohhoh continua vaii vc ta case me matando de ansiedade, TA CONSEGUINDO ME DEIXAR LOUCA KKK..... CONTINUAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  19. a naoo gio continuaaaaaaa vaiiiiii

    ResponderExcluir
  20. continua por favor nao aguento espera ....

    ResponderExcluir
  21. O flr desse capitulo que li a pouco tempo, mas já é especial pakas ? HSUAHSUAHSUAHSUASHAUH' Essa estória está ficando cada vez mais interessante. Uma coisa que NÃO pode acontecer: Jason e Spence ficarem juntos. Acho que essa briga entre Spence e Justin, só fazem eles ficarem exitados ! Adorei a parte dos surtos delas. Spence ouvir vozes foi totalmente perfeito ! A estória está simplesmente perfeita, estou in love por ela ! Bom, posta logo, beijooos <33

    ResponderExcluir
  22. Leitora nova , amando isso aqui ^^

    ResponderExcluir
  23. *OOOO* que perfeita cara, continua (to pelo celular e escrever um comentário grande por aqui é difícil)
    xoxo
    Continua ;*

    ResponderExcluir
  24. Continuaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  25. Ameeeeeeeeeeeeeeeeeei

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  27. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  28. Mt mt fodaaaaaaaa, continuaaaaaaaaaaaa.

    ResponderExcluir
  29. continua pf to amando a ib <33

    by: camila

    ResponderExcluir
  30. Eeei, amo de paixão sua fic. Primeira vez que comento mas enfim... Comecei a ler sua fic hoje e. ja li todos os capitulos e ja estou apaixonada, olha que é bem dificil uma fanfic me agradar. Otimo enredo, otima escrita, a historia é tao envolvente, diferente.. Ameis os personagens. Nao écomo aquelas fics cliches tipo viajeiedescobriquesouvisinhadojustinbieber kkkkkk Adoro esse "Q" sobrenatural... Vc faz as pessoas lerem e nao pararem mais. Estou anciosa para o proximo capitulo..
    Aaa parabens por ir na BT!!!! Eu, infelismente nao fui na MWT e tbm nao posso ir na BT :(( mas vc merece, todas beliebers merecem e meu dia ha de chegar... Enfim poste logo esse capitulo menina pq ta a+ huashuashuas
    xx Mayara
    @mercijdb

    ResponderExcluir
  31. COntinua pelo amor do Bieber kkk sou leitora nova e já achei muito perfeita a sua fic ..... E parabéns pelos ingressos da BT.... :)

    ResponderExcluir
  32. Aaaah! Leitora nova aqui ou quase, fazia tempo que não entrava aqui hehe, por Deus, continue, está perfeito, adorei a rebeldia na sua fic. Por favor *-* continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.

    ResponderExcluir