10 de out de 2014

Rude. -Capítulo 1

Quinta , nove de outubro. 

Tinha acabado de chegar no aeroporto de Toronto. Estava morta de cansada, mas valeria a pena no final.
Havia um homem com uma placa com meu nome, Nathalie Jobs. 
Bem, tenho 18 anos, e fui expulsa de casa pelo meu padrasto. Ridículo não acham ?
Enfim, voltando ao homem. Fui até ele, que pegou minhas malas e me levou até a casa da minha tia , numa cidade pequena do Canadá.
"TIA PATRICIA ! " Gritei entrando na casa. Senti falta daqui, muita falta.
"NATH QUERIDA!" Ela correu da cozinha, e me abraçou forte. "Como está ? Chegou bem ? James nao falou nada ? " Eu ria assentindo com a cabeça.
"Tá ok, seu quarto é lá em cima, segunda porta a direita." Subi, e quando abri a porta, sorri abertamente. Era lindo, roxo escuro com branco, e tinha um enorme closet que eu amei por sinal haha.
Bem, o nome da minha tia como eu disse é Patricia, mas nós a chamamos de Pattie, ou de tia mesmo.
Coloquei minhas malas em cima da cama, e voltei para a cozinha. Pattie estava fazendo lasanha de ricota, minha preferida.
"Huuum, que cheiro bom." Sorri me sentando no balcão. Ela sorriu, e a porta da sala abriu bruscamente com três garotos entrando rindo alto.
"Oi mãe, cheguei... Quem é ela ? " O loiro me olhava curioso, e eu ria baixo.
"NATHALIE ?" Os meninos gritaram, me olhando. Ryan e Chaz ? Ai meu Deus ! Me levantei rapidamente do balcão e corri para os abraçar.
"O que fazem aqui meninos ? Nós nos encontramos semana passada em L.A " Ryan riu me rodando, assim como Chaz fez logo depois.
"Moramos aqui lembra ?" Fiz cara de panguada, e depois ri. " O que faz aqui anã? " Chaz me perguntou.
"Vim morar aqui. Depois explico isso." O loiro ainda me olhava curioso, e agora, instigado.
"Nathalie? Filha da Jesse? " Assenti. "Você ... Mudou muito." Sorri agradecida, e me sentei novamente no balcão.
"Não lembra de mim né? " Eu ri, e neguei.
"Lembro sim, Drew. Espero que não se importe de conviver comigo." Ele negou ainda com cara de pateta, e eu sorri falsamente. Eu e Justin nunca nos demos muito bem, desde sempre.

[...]

Estava pendurando umas fotos no meu quarto, junto com umas amigas que realmente me fariam muita falta.
"Quer uma ajuda ai ? " Justin estava encostado na porta, me olhando.
O olhei, e assenti. Justin era bastante alto, e colocara o quadro exatamente onde eu tentara o por.
"Obrigada." Ele sorriu, e me deu um beijo na testa.
"An, Nathalie, bem... eu tenho uma premiação pra ir, e bem, queria que fosse comigo, claro, se você quiser, mas tudo bem se não quiser... "



Espero que tenham gostado, bem, esse foi só o inicio de tudo, e ainda vem mais por ai, estou realmente animada com essa nova história. 
Beijos beijos, Ana :* 

Nenhum comentário:

Postar um comentário