25 de ago de 2013

Losing Grip - Capítulo 08

Liguei para Amber, queria encontrá-la pra comemorar minha contratação. Ela, infelizmente, não conseguiria sair do trabalho tão cedo, o que me deixou sem opções de pessoas com quem eu queria comemorar. Segui pro refeitório da empresa e tomei um café. Fiquei ali observando todas aquelas pessoas que seriam, a partir de amanhã, meus colegas de trabalho. Eu estava distraída quando vi um corpo se aproximar, olhei pra cima e um brilho dourado apareceu. Justin se sentou na minha frente e foi logo perguntando.

-Gostou da empresa? –ele sorriu.

-É bem legal. –olhei em volta. –Espero que as pessoas também sejam.

-Relaxa. –ele segurou minha mão que estava sobre a mesa, fazendo meu coração disparar. –A maioria aqui é bem legal. É só saber com quem você deve fazer amizade. A começar por mim é claro. –ele riu, e eu também. Ficamos nos encarando por um tempo, sorrindo um pro outro. Eu me mantive estática, com medo de que aquele momento acabasse. Não adiantou, Justin rapidamente percebeu que sua mão ainda estava junto a minha e a tirou bruscamente, ficando um pouco sem graça.

-Sabe. –eu comecei a falar, tentando quebrar a tensão. –Eu queria fazer algo hoje. –hesitei em continuar. –Você... Você sairia comigo? –eu estava completamente nervosa. –É que a Amber está ocupada.

-Tudo bem Claire. –ele sorriu. –Eu saio com você.

-Ótimo! –eu falei um pouco animada demais. –Hã... Quero dizer... Eu conheço um lugar incrível. –disse completamente corada e pela expressão de Justin ele havia percebido.


-Que lugar é esse? –Justin perguntou assim que abri a enorme porta.

-Simplesmente o meu lugar preferido no mundo. –eu disse e acendi as luzes. Revelando a pista de patinação totalmente vazia que estava a nossa frente.

-Uau! –seus olhos brilharam. –Eu nunca vi esse lugar vazio antes. –ele me olhou. –É permitido estar aqui?

-Bom... Eu já fiz coisas piores. –o olhei inocente e ele me olhou apreensivo. –Relaxa, ninguém vai nos pegar. –pisquei.

Já estávamos os dois com os patins nos pés, entrando na pista, quando algo me veio a mente.

-Você sabe patinar Justin?

-É claro que eu sei, eu sou ótimo nisso. –ele começou a patinar, até que não era tão ruim.

Eu então o segui e ficamos os dois patinando por um tempo. Quando já estávamos cansados, nos sentamos em um dos bancos que havia ali.

-Então quer dizer que esse é o seu lugar favorito? –ele perguntou me encarando.

-Isso mesmo.

-Por que? –ele parecia curioso.

-Me traz boas lembranças. – o olhei e ele se manteve me encarando por um tempo, como se esperasse uma continuação. –Meu pai costumava me trazer aqui quando eu era pequena, sempre no natal. A pista ficava lotada de crianças e adultos e todos pareciam tão felizes. É uma das poucas lembranças que eu tenho com ele. Ele nunca foi muito presente e nós não nos dávamos muito bem, ainda mais depois que... –hesitei em continuar. Fiquei olhando pra Justin que surpreendentemente não me cobrou uma continuação dessa vez. Percebendo o clima tenso que se instalou, ele se levantou e me puxou de volta pra pista.

-Vou te mostrar uns truques que eu conheço. –ele começou a patinar. –Quando se trata de patinação eu sou o ... –ele então caiu. Eu não me contive e comecei a rir, mas logo corri pra ajudá-lo.

-Você ia dizer o melhor? –perguntei enquanto me aproximava. Ele apenas me encarou fingindo estar bravo. 
Eu estiquei meu braço pra ele e quando fui puxá-lo eu caí em cima dele. –Olha o que você fez idiota. –bati em seu ombro, mas logo ambos começamos a rir descontroladamente. Quando nossos risos cessaram, fiquei encarando seus olhos. Tão belos e tão misteriosos. Comecei a me aproximar, era mais forte do que eu. Nossos lábios estavam a centímetros um do outro e eu sentia sua respiração quente em minha pele. Não consegui me segurar e o beijei. Seus lábios macios estavam finalmente tocando os meus.

-Ei! –ouvi uma voz ao longe. –Vocês não deviam estar aqui, saiam já.

Me afastei de Justin que me olhava sem expressão, tive que puxá-lo algumas vezes até que voltasse a realidade e resolvesse sair dali. Deixamos os patins em um canto e saímos as pressas dali. Fomos calados durante todo o percurso. Enquanto Justin dirigia eu o observava algumas vezes e podia notar seu maxilar extremamente rígido.

-Tchau, Justin. –me despedi dele quando já estávamos em frente aos nossos apartamentos.

-Me desculpa, Claire. –ele disse.

-Hã? – perguntei confusa.

-O beijo. –ele me encarou.

-Fui eu que te beijei, Justin. –disse seca. Por que ele estava se desculpando?

-Mas eu não deveria ter correspondido. –ele estava aflito. –Isso não deveria ter acontecido.

-Por que você ta dizendo isso? –eu perguntei incrédula. Ele estava dizendo isso mesmo?

-Não importa, Claire. –ele disse ríspido. –Só me desculpa.

-Boa noite, Justin. –eu então entrei em casa.

Senti meus olhos arderem. Como ele teve coragem de se desculpar daquela maneira? Como se me beijar tivesse sido um erro.

                                                                    ...
Olá minhas lindezas. Hoje ta pequeno de novo, eu sei e me desculpem por isso, mas eu to super ocupada cheia de coisas pra fazer. Vim postar pra não deixar vocês na mão, mas essa semana coloco um capítulo bem caprichado pra vocês. Bom, ontem foi meu aniversário. fiquei mais velha. ebaa. Então me deixem feliz e comentem bastante, vai ser meu presente. Beijao e  mais uma vez me desculpem o capítulo mais ou menos que eu postei.


23 comentários:

  1. continuaa ahhh eles tem que ficar juntos *-------------*

    ResponderExcluir
  2. Continuaaaa ;)) ta mt bom .. aah e... FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!! atrasado.. Heuheue .. mas oq deu no jortim ? kk continua
    #Kaah

    ResponderExcluir
  3. VOCÊ PRECISA CONTINUAR MENINAAAAAAAAAAAAAAAAA! CONTINUA QUERO VER ESSES DOIS MAIS INTIMOS kkkkkkk
    ta prftoooooooooo

    mah'

    ResponderExcluir
  4. Amandoo ! Continua ;)

    ResponderExcluir
  5. OMB PQ ELE N DEVIA TER CORRESPONDIDO?

    CONTINUA

    ResponderExcluir
  6. sempre que eu comento e vou enviar para o blog meu comentario some e desisto de escrever outro de novo! argh. enfim PARABEEEEEEEEEEENNSJASNAIXNSCOJSDONDNWD serio! AF cara eu to amando a Ib, eu entro aqui só pra ver se vc postou um cap novo haha. quantos anos vc fezz? enfim. To curiosa ora saber o porque do justin nao poder beijar a claire. Enfim, continua??? e ta OTIMA a IB, ate eu fico triste por nao ter taaaaantos comentarios assim. Haha, vc ta merecendo! Beijoos

    ResponderExcluir
  7. cara eles se beijaram até que enfim, agr eu tenho meus palpites de o pq o Jus pediu desculpa, tipo dois deles são: Jus tem namorada ou ele está vigiando a Claire para seus pais. Bem continua logo anjo, Bjs

    ResponderExcluir
  8. putz ta muiiiitttooo pequeno.... vc alem de ta demorando pra postar vc ta escrevendo pouco.... Mais ta lindo continuaaaaaaa mais com texto maiores

    ResponderExcluir
  9. OMBBBBBBBBBBBBBBBBBBB COMO ASSIM?? AAAAAAAAAAAAAAAAAH CONTINUA PELO BIEBER AMADO!

    ResponderExcluir
  10. Feliz aniversário bem atrasado bem eu tb tenho estado bastante ocupada tanto que amanhã tenho prova de matemática te entendendo,mas enfim cara Justin poxa coitada da garota mano kkk eu acho que ele tem namorada hm... kkkkkk gente amo patinar no gelo,melhor sensação que existe enfim continua tá perfeito bjs -ana

    ResponderExcluir
  11. Uau *----* ta perfeito

    Cara eu quero saber o que vai acontecer daqui pra frente,posta logo please? :3

    E ah Feliz aniversário atrasado rs

    ResponderExcluir
  12. AAaaaah ta perfeito! continua logo por favorzinho :3
    Feliz Aniversário :*

    ResponderExcluir
  13. Parabéns linda! Que o Senhor te abençoe sempre. Nossa estou amandoo continua logo flor, estou louquinha pra ler. Bjus
    @luh18gatinha

    ResponderExcluir
  14. Continua ta mais que perfeito *0*

    ResponderExcluir
  15. Parabeeeeeens ! Continua heein , ruun'.. Kkk
    #Kaah

    ResponderExcluir
  16. POSTA POSTA POSTA POSTA POSTA POSTA JA TE DISSE QUE ODEIO OS TRÊS PONTINHOS NO FINAL?

    Hannah Silva

    ResponderExcluir
  17. Continua está perfeito, obeservação eu sou leitura nova e eu estou achando seu blog perfeito. Beijus linda

    ResponderExcluir
  18. nao pare de ler ou voce morrera em 2015 um homem chamado carlos tushkia morreu em seu quarto foi assassinado por um espirito ele ignorou uma mensagem e foi morto depois desse dia ele atormenta pessoas que ignoram esses tipos de mensagens e quem ignorar isso sera morto essa madrugada enquanto dorme repasse para 10 posts e sua vida estara sal

    ResponderExcluir