6 de abr de 2013

Chosen • capítulo 1 • inferno

As ultimas gotas da forte tempestade que passara a pouco escorriam lentamente pelo vidro fumê do carro de minha tia, enquanto eu contemplava a grande estrutura de aparição sombria que aos poucos vinha surgindo em meio à fraca claridade que iluminava o extremo leste de Atlanta.

Fora uma viagem longa. A casa em que morei com minha tia localiza-se entre a fronteira de Atlanta e Roswell, um ótimo exemplo de "meio termo". Por toda àquela parte da cidade, o sol é sempre brilhante e caloroso, com poucas exceções no inverno, quando a temperatura cai alguns poucos graus. Já no local onde me encontro agora, é difícil de identificar um fraco raio solar em meio de tantas nuvens negras que cobrem todo o céu. Tento me manter aquecida, afundando minhas mãos nos largos bolsos de meu casaco de couro falso, dado por minha mãe há alguns anos atrás. Apesar de velho, é aconchegante e sua coloração branca permanece indesbotável, tão clara como no dia em que o ganhei, em um natal bem frio. O tempo parece o mesmo. Apesar de estarmos em Fevereiro, ainda posso sentir a temperatura agonizante retesar os músculos de meu corpo, a massa de ar congelante e a chuva que nunca da trégua. A única diferença é que dessa vez ela não está aqui. E nunca mais estará. 

Tento afastar o pensamento aumentando ao máximo o som de meu iPod, que até agora não havia percebido que estava ligado. Estive absorta em pensamentos em todos os 80 minutos de viagem, até agora. Não há nada como um bom rock clássico para clarear minha mente. Assim que me vejo capaz de absorver algum som, a doce voz de John Lennon sussurra lindamente em meus ouvidos: "Let it be". Repito a frase várias vezes em minha mente, adotando-a como meu novo mantra. 

Assim que os últimos acordes da música soam, sinto uma freada inesperada. Mas é apenas o delicado jeito de ser da minha querida tia Lucy.

- Chegamos.

Sua voz soa mais fria do que o normal, fazendo uma comum pontada de ódio me atormentar já tão cedo da manhã. 

Perco alguns segundos tomando coragem para sair do carro. Sei que assim que deixá-lo, nunca mais poderei retornar. Não serei mais a mesma quando regressar. Não sei se irei regressar. Um mar de incertezas me faz permanecer mais alguns minutos grudada ao banco de couro do carro, temendo algo pela primeira vez na vida.

Lucy abre a porta ao meu lado bruscamente, enfiando seu rosto pela abertura para que eu possa ver por seu olhar, o quão irritada está.

- Dirigi o dia inteiro para chegar aqui. Não faça o processo ainda mais longo. Vamos!

Apenas revirei meus olhos, e postei-mr bruscamente sobre a calçada de cimento ao lado do carro. O contato direto com a brisa fria me deixou imóvel por alguns segundos, junto com a visão da enorme construção à minha frente. Ela era de dar medo. Um pequeno prédio de três andares dividido em dois blocos. De um lado podia se ver uma enorme floresta que ocupava o resto do espaço, e se estendia até o final da cidade, na fronteira com Decatur. Já do outro, o direito, um vasto campo desmatado e arado ocupava o resto dos hectares. Ao meio, um grande caminho feito de pedras de tonalidades escuras diferentes seguia até a porta principal do prédio, onde em uma placa principal, erguida bem ao centro, lia-se: "Reformatório De Atlanta".

É, pensei, estou aqui. Olhe aonde vim parar.

O barulho estrondoso de Lucy jogando minhas malas sem nenhum cuidado no chão me fez voltar de meus devaneios. Minha espinha se contorceu involuntariamente com o choque, me fazendo pensar nos materiais quebráveis que trazia dentro dela.

- Miss Delicadeza, mais cuidado. - agarrei a alça da mala e joguei-a sobre meu ombro, saindo, não sem antes soltar mais uma provocação - Obrigada.

Em minha mente pude ver sua cara raivosa se formando, e isso me fez soltar uma leve risada, algo que tem sido bem raro ultimamente. 

Segui por todo o caminho de pedras com passos firmes, tentando me desvencilhar de meus fios de cabelo extremamente negros, que eram lançados constantemente em meu rosto por conta do vento forte. Essa pequena distração não me possibilitou prestar muita atenção na parte externa, mas tinha certeza que teria muito tempo para isso mais tarde.

O pátio estava vazio quando o adentrei. Mas não por muito tempo.

Uma avalanche de pessoas, quase assim que pus meus pés dentro do ambiente, surgiu por uma escada que vinha do primeiro andar, e tomou conta do local. Adolescentes de todos os tipos e idades circulavam livremente, alguns em bandos, outros completamente sozinhos, vestidos desde roupas coloridas até o mais escuro dos pretos. Qualquer adolescente de 17 anos normal estaria com medo agora, querendo correr para sua mãe ou algo do tipo; mas eu não tinha nenhum dos dois. Desde que minha mãe morreu, minha vida inteira convivi com pessoas destes tipos. Dos mais perigosos e estranhos tipos de pessoas, as mais metidas garotas da cidade. 

Consegui abrir um caminho entre as pessoas com ajuda de minha mala, e então finalmente cheguei ao cômodo ao lado. Fomos recepcionadas pela exageradamente simpática assistente da bruxa que dirigia este local.

- Sigam-me, por favor. - a loura nos lançou um sorriso forçado com seus lábios cheios de gloss rosa pink e nos conduziu até a sala da diretora do reformatório; um lugar que já conhecia muito bem.

- Entrem, entrem.

E lá estava ela, Susan Rivers, com seu mesmo par de terno cinza com uma calça, o mesmo cabelo avermelhado preso em seu clássico coque alto, sentado em sua mesma cadeira de couro marrom. Aposto que sua bunda deve ser achatada, julgando pela quantidade de tempo que passa sentada neste local, mandando e condenando pessoas. Eu sou apenas mais uma de suas vítimas.

Ela faz um sinal com a mão para eu e minha tia sentar-mo-nos nas duas cadeiras dispostas em frente a sua mesa. Tento me acomodar na cadeira à esquerda, mas o metal gelado me transmite um forte choque térmico. Sento por cima de minhas mãos, diminuindo o contato da pele mais sensível de minha coxa exposta, além de manter minhas mãos aquecidas.

- Spencer Hammings, que prazer rever-la - um sorriso irônico e maldoso se formou rapidamente em seus lábios.

Pena que não posso dizer o mesmo.

- Pena que não posso dizer o mesmo. - repeti exatamente o que passou por minha mente, e percebo que cravei minhas unhas por baixo da perna na cadeira, arranhando repetidamente o metal, tentando apaziguar minha raiva crescente.

- Como sempre, um doce - ela não deixa de utilizar a ironia como estratégia de combate - Acomodem-se, pelo visto teremos uma longa conversa.

Não consegui evitar um revirar de olhos, então joguei minhas costas contra a cadeira, afundando-me nela. Susan virou-se em sua cadeira giratória ficando a altura de um grande armário com várias gavetas, então abriu a segunda e após alguns segundos deslizando seu dedo indicador pelas pontas dos arquivos, ela puxou uma grande pasta cheia de papeis com o nome "Spencer Hammings" destacado. 

O barulho estrondoso da minha fixa chocando-se com a mesa velha de madeira me fez comprimir involuntariamente o corpo. E lá estava ela. Maior do que nunca, e um pouco desgastada devido ao uso. Faziam dois anos que ela era utilizada, dois anos que me meto em problemas. Lembro-me claramente da primeira vez. Era o aniversário de morte de minha mãe, exatamente 4 anos depois. Sai sem rumo pelas ruas da cidade, sozinha, após largar minha fase patricinha. Então me deparei com um grupo de jovens sentados sobre seus skates, com várias garrafas de bebidas vazias jogadas ao seu redor, planejando sua próxima ação. Me identifiquei de cara. Para fazer parte da gangue, porém, teria que passar por um teste. E esse foi: teria que roubar uma garrafa de uísque Red Label do supermercado que inaugurara no mesmo dia. Consegui a garrafa com facilidade, mas depois fui pega por uma câmera de segurança e fui mandada para cá. Susan e eu nos odiamos desde o primeiro dia, e hoje, 730 dias depois, continuamos a nos odiar. Apesar de ter sido descoberta, consegui entrar para a gangue, pois já havia chegado à seus ouvidos minha grande fama por toda a cidade. Estive sempre com eles desde então, experimentando de tudo um pouco... Até ser mandada de volta para o inferno.

- Envolvimento com gangues, assalto, furto, dirigindo alcoolizada, desacato à autoridade... A lista de acusações é infinita, Spencer. Aonde acha que irá chegar se continuar assim? No máximo, à cadeia. E é por isso que recolhemos você, para que fique conosco até que mude seu comportamento e esteja apta a conviver em sociedade.

- Tanto faz - respondi, o mais desinteressada possível, afundando-me na cadeira.

- Tanto faz nada, é essa a sua pena, e terá que lidar com ela com o máximo de respeito possível!

- Tanto faz - repeti, sentindo um leve sorriso maldoso formar em meus lábios escondidos por trás de meus cabelos que caiam por frente de minha cabeça baixa. Ouvi mais do que vi Susan bufar.

- Já chega mocinha, não estou com cabeça para criancices hoje, pegue suas coisas e me siga, lhe encaminharei até seu dormitório.

- Tanto faz. 

Susan bufou novamente, e dessa vez me permiti escapar um risinho satisfeito.

Até que não foi tão longa.

Em passos pesados, ela atravessou a porta, sem nem mesmo me dar tempo de recolher minhas malas. Apenas peguei tudo o mais rápido possível e a segui, sem me despedir de minha tia. Não foi importante falar com ela assim como não fui importante para ela todos esses anos que vivemos juntas após a morte de minha mãe. Se realmente lhe importasse, ela não deixaria me levarem para cá, mas aqui estou eu, sendo lançada ao chão por um babaca.

- Ei! Cuidado.

Uma mão foi estendida em minha direção, mas apenas ignorei-a e levantei-me sozinha. 

Mas quem era o filho da puta?

- Por que você não olha por onde anda, idiota? - disse, num tom rude, sem lhe dirigir o olhar. Tirei os cabelos do rosto mas continuei com a cabeça baixa, passando a mão sobre minhas roupas que haviam sido amassadas e sujas pela queda. Pelo visto o lugar precisava de uma bela faxina.

- Me desculpe, estressadinha - ele rebateu, sem demonstrar um pingo de abalamento em sua voz.

Não lhe respondi, apenas continuei revistando meu corpo, e como não havia machucado nada, passei a recolher minhas malas que haviam caído no chão com o impacto, e uma delas havia sido aberta, deixando algumas peça de roupas espalhadas. Agachei-me, juntando uma por uma, então notei que novamente o corpo da pessoa se aproximava, só então percebendo que era um menino, por conta dos supras pretos que usava. 

- Me deixe te ajudar.

Ele se abaixou em minha frente, e só então tivemos o primeiro contato visual. Por alguns longos segundos, seus olhos tiveram toda a minha atenção. Eram castanhos bem claros, cor de mel, na verdade. Pareciam ter um brilho próprio, que exalavam beleza. Seus cílios eram longos e suas sobrancelhas, grossas e escuras, e a direita apresentava uma pequena falha no canto, o que me levou a julgar que era um garoto que se metia em encrencas, para ter ganhado a marca. Seus lábios eram perfeitos, na verdade. Perfeitamente delineados e rosados, cheios e molhados, o que me levou a imaginar como deveria ser o seu beijo... Balancei minha cabeça, afastando o pensamento. Hormônios! Mas o filho da puta é bonito, eihn?! Minha mente ironizou.

- Não preciso de sua ajuda - fui fria, quebrando o contato visual. Peguei uma de minhas blusas que ele segurava em sua mão e coloquei-as de volta na mala, finalmente recolhendo tudo. Me pus de pé novamente e voltei ao meu caminho, simplesmente ignorando o garoto ainda abaixado que havia me derrubado, dono de lindos olhos, porém um pouco falhos.

• • •

Soltei um longo suspiro antes de empurrar a porta de madeira que me separava do local que seria meu quarto por um longo tempo. Piso 2, corredor B, quarto 201. Não poderia me esquecer dessa informação ao menos que quisesse dormir em uma das mesas do refeitório.

Não tinha grandes expectativas, porém o quarto havia ultrapassado todas elas. Na verdade, era um quarto bem simples, mas não achei que haveria uma televisão e meu próprio armário, além de uma pequena penteadeira de madeira no canto, e um grande espelho que cobria uma boa parte da parede ao lado da janela. A vista porém, não era nada agradável. Por trás do vidro sujo podia-se enxergar a grande floresta ao lado esquerdo do reformatório, pelo menos boa parte dela. Composta de árvores escuras e sem vida, grandes animais nem um pouco adoráveis e um grande lago que tomava uma grande parte de território; ele era o que havia de mais bonito naquela mata.

Adentrando um pouco mais o quarto, percebi outra porta de madeira velha igual a da entrada, que escondia o que provavelmente seria o banheiro. Só quando atravessei-a e me deparei com mictório ao lado do vaso, que finalmente a verdade foi aparecendo para mim. Até então não tinha percebido a presença de uma segunda cama, bem ao lado da que havia deixado minha mala.

- Por que aqui tem duas camas? - questionei calmamente Susan, que havia entrado há algum tempo. Estava tentando manter a calma.

- Não é obvio? Você terá que dividir este quarto. Existem muitos delinquentes como você por aqui, não podem se dar o luxo de ter um dormitório próprio. Por enquanto que não há mais ninguém para ocupar, o quarto é seu, mas tenha certeza, não é por muito tempo. - ela se dirigiu até a porta, mas exitou antes de sair. - Ah, você pode começar suas aulas amanhã. Passe antes das 7 no meu escritório para pegar seu material.

- Aulas?! Ninguém me falou desse detalhe também! - era só o que me faltava!

- Isso mesmo, aqui todos têm aulas, sem exceções. 

Então bateu a porta e se foi.

- Quando é que vou acordar desse pesadelo? - disse para mim mesma, me jogando de costas em minha nova cama. Pressionei o travesseiro contra meu rosto, e só então, depois de tantos anos guardando mágoas, me permiti chorar deliberadamente.


• • •

- VAI, VAI, VAI, VAI, VAI!

Mas que diabos?!

2 horas, exatamente 2 horas derramando toda a água que havia em meu corpo em forma de lágrimas. Apenas após esses 120 minutos, fui capaz de pegar no sono. Faziam dias que não dormia bem, dias que algo me incomodava. Finalmente conseguira dormir por mais de duas horas sem acordar, mas algo me acordava neste exato momento. Um barulho. Vozes.

- ISSO AI CARA!

Ouvira novamente.

Vinham do quarto ao lado, os sons que atrapalhavam meu descanso, e não paravam.

Me vi andando irritada até a parede, gritando contra a própria e deixando alguns socos fortes, mas nenhum sinal de entendimento. Decidi ir até o local, e fazer parar à minha maneira.

Bati várias vezes na porta do quarto, mas não recebi sinal de vida, então decidi entrar assim mesmo.

- Mas que merda é essa? Estou tentando dormir no quarto ao lado se vocês... - parei de dar o sermão quando percebi que ninguém me ouvia, e principalmente quando meus olhos depararam com a cena seguinte. Tive vontade de vomitar.

Aquele garoto que me derrubara na escada horas antes estava praticamente engolindo uma ruiva-falsa, enquanto outras pessoas em suas voltas em uma rodinha gritavam sem parar. Suas mãos estavam dentro da blusa da provável vadia, apertando um de seus seios por cima do sutiã, enquanto sua boca faminta devorava-a. A mesma não parecia achar ruim, já que sua mão apalpava o garoto por cima da calça.

- Ei Justin, já se passaram 5 minutos, pode largar ela! - um dos meninos na roda falou.

Não deram ouvidos ao outro, continuavam em seu beijo melado e nojento, até que eu fui lá, me meti no meio dos dois e os separei.


- Aqui não é um motel não, ok? E tem gente nos outros quartos querendo dormir, então, façam o favor de calar a boca! - o empurrei pelo peito e sai do quarto batendo os pés com força, enquanto ouvia seus amiguinhos vaiando-o.

Finalmente, paz!

- Volta aqui, garota!

Ou talvez não... suspirei.

Continua.

Hey belieberzzzz, whazuppp?! Gio in da house

Então, esse foi o primeiro capitulo da minha nova fic, Chosen, pra quem não pegou suhdksjd 
Me desculpem por ter demorado a postar, além do fato de que o blog entrou em hiatus, fiquei um tempinho sem meu computador, e é nele que estão todos os meus capítulos e tal, e sem falar que fui inventar de mudar um pouquinho o primeiro capitulo e acabei fazendo tudo diferente ksjdd demorou um tempão pra deixar esse prontinho e bonitinho que nem ta, então não me batam ok?! Mas então, a pergunta do milhão: O que vocês acharam? Eu sei que ainda é o primeiro capítulo, e não da ainda pra ter uma opinião formada, mas sei lá, o que vocês esperam? Acharam que seria melhor? Que seria pior? Gostaram do meu jeito de escrever? Não? Por que? Me digam tudo, botem os feelings pra fora skljd 

Então, eu sei que estamos em um período de caos aqui no blog, ninguém ta satisfeito e tal, mas tem jeito melhor de manter a paz do que com uma fic nova? Eu não conheço outro kjdis então vamos parar com a negatividade, reclamação e etc, tentem ser pacientes e compreensivos, também temos os nossos problemas. Vamos continuar tentando manter a calmaria por aqui, mas se continuar do jeito que está, medidas serias serão tomadas, infelizmente. A própria ideia de restringir o blog foi minha, ou seja, apenas as pessoas autorizados podem acessa-lo, então, por favor, vamos ser civilizados. E só pra constar, eu concordo com a Ally em tudo, então não pensem que é só ela que está insatisfeita e etc, tudo o que ela pensa, também passa pela minha cabeça, somos tipo irmãs de pensamento ou sl alsjdd

É isso ai babes, até o próximo capítulo! Comentem muito ok?! No mínimo 30 comentários, sei que conseguem! Mandem suas perguntas aqui nos comentários mesmo ou no meu ask; link lá embaixo.

Gio Xx

twitter: @justmyjb
instagram: @giosdg
facebook: giovannasdg
tumblr: collapsin-g
ask: justmyjb

74 comentários:

  1. Omg, ta perfeito, tipo não muda nada, apenas continua o mais rápido que você puder hahahahaha, sou leitora faz muito tempo aqui do blog, eu li todas as ibs daqui, só não comentava muito, mas agora vou comentar sempre u.u bom então: CONTINUA!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E antes que eu me esqueça, se o blog for ficar aberto apenas para leitores convidados.... Me convida pelo amor de Deus!!:D bjs!

      Excluir
    2. awww muito obrigada babe! vou continuar em breve sim! Pode ter certeza que você estará na lista! Vou escolher com muito carinho todos que vão estar, não vai ser de repente, irei avisar antes, relaxem!

      Excluir
    3. OMG Não Me deixa de Fora! Vc tem ideia de todas as vezes que eu entro aki! Jesus é a primeira coisa que eu faço assim que chego da escolaa! suas IBS são MUITO Perfeitas e a minha favorita é Marry you *0* então se o Blog for só para convidados por favor não me deixe de fora! Lhe implorooo issso

      Excluir
  2. show o capítulo, aaah não se o blog for só pra eleitores convidados, quero ser convidada pelo amor de Deus, eu nem sei o que ta acontecendo aqui no blog , ahuashagdejidegydj, mais adorei o imagine e por favor não demora cara ú.u, bye

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obg amor! você estará sim, todos que quiserem estar, vão estar, só queremos evitar os anônimos. vai ser melhor, podem ter certeza! xx

      Excluir
  3. aiiiii ta otimoooo, continua logo pelo Justin amado, ta muito bom msm, amei, please nao demora pra postar viuu biebejus sz

    ResponderExcluir
  4. você se inspirou em Fallen pra escrever Chosen? porque achei bem parecida, então, traduzindo as palavras, ADOREI! sério, você não tem noção do quanto eu amo< Fallen, e se a sua história for parecida como tá parecendo, eu tenho certeza que eu vou amar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e se vocês forem fazer essa coisa de "leitores autorizados", por favor, me chamem!!!!

      Excluir
    2. na vdd eu não me inspirei em fallen, mas eu já li sim os livros! sou mt viciada nessa série tb skaljdskjd mas se vc parar para pensar, tem um pouco a ver sim... vou chamar você sim amor, pode ter certeza!

      Excluir
    3. eu simplesmente adorei, sério, achei muito parecida, e fiquei tipo MEU DEUS! sldkja
      ownnn, valeu!

      Excluir
    4. pf se vcs fizerem para leitores convidados pf me convida

      Excluir
  5. Vai ter hot? por que se não eu vou ler :)

    http://criatividadeamil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiiee, então mau começo a história e eu já amei!!! Tem que continuar rápido por favor, eu sou mto ansiosa!!! Bjs linda !! ;)

    ResponderExcluir
  7. Continua ficou perfeito ! Olha Gio, eu concordo com vocês duas, se eu fosse vocês eu deixava os comentários pra serem aprovados assim você não precisam tirar o anônimo ( porque muita gente usa o anônimo porque não tem conta ) e os comentários que vocês acharem desnecessários ou ofensivos simplesmente descartam entende ? É o melhor método. Eu mandei minha fic e tipo, a maioria das garotas que estavam " se queixando " mandaram também e, eu não entendo isso. Isso era pra ser algo divertido não é Gio ? Essas garotas infelizmente acabaram com a graça, você não pode viver dois minutos sem ser criticado, eu entendo vocês ! Eu tô desde o começo, sei o quanto foi difícil ter todas essas 3 milhões de visualização e todos os comentários e principalmente > leitoras < não tem como deixar " qualquer coisa " entrar aqui não estou menosprezando ninguém porque eu sei que cada uma aqui tem seu valor. Boa sorte pra mim e pra todas outras que mandaram a fic também, primeiro capítulo aprovadissímo Gio ! Continua princesa >,<

    Beijos ante a próxima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente isso!!! Era para ser algo divertido, mas algumas pessoas estragam, por isso pensamos em tomar medidas mais sérias, mas com certeza, todas que gostam e apoiam o blog sempre terão um lugar aqui! Muito obrigada amor, obrigado mesmo!

      Excluir
  8. aii amei , morrendo de curiosidades :))
    continua ??

    ResponderExcluir
  9. CARALHO gostei demais dessa nova fic
    e essa e muito 'diferente' ( pra melhor )
    quando li a sinopse já fiquei louca pra ler :D
    já acho que vai entra para umas das minhas preferida
    e sobre você ter falando que vocês havia crescido e as leitora também concordo plenamente ( até porque já tava começando a enjoar dos mesmo tipos de fic, não que elas seja ruins, mais pó já estamos grandinhas não ? ) enfim não me entenda mau ok ?
    ******
    Agora sobre esse post "Véi, na boa! Não pera..."
    que porra essa ?? quem ta xingando o blog Gio me explica ??
    Só UMAS DAS MAIS ANTIGAS (tipo desde do inicio de UMA HISTORIA DIFERENTE assim ner nem me lembro muito o titulo maus kk ) e confesso que depois que a bluee acabo de posta a sua ultima fic parei de vim aqui um pouco pois você e a Allly nem estava postando tanto assim :/
    PORRA TAVA COM SAUDADES DE VOCÊ POSTAREM a ally até recomeço a post a que ela havia começado mais depois ela paro :/ ai e paia
    mais enfim sei que vocês tem vida fora do blog mais vocês podiam marca sempre um dia e uma hora para postarem, iria ficar mais organizados e deixaria a gente menos ansioso e menos decepscionados porque e horrivel entra aqui e ver que não tem nenhum post :( enfim e só uma ideia me desculpem se estou sendo entrometida :/ .
    Mais voltando a repetir ME EXPLIQUE QUEM TAVA RECLAMANDO DO BLOG, POR TU FICO TAO NERVOSA ???



    e por ultimo mas nunca menos importante e como de custume ..... CONTINUA LOGO ESSE FIC PLEASSSS kkkkkkkkkkkk ( no vey voltei a ter aquela sensação de ansiedade de ler o próximo capitulo isso e muito bom kkkkk )
    BEJUSSS





    TA agora vô embora mais posta logo vaiiiiiiiii




    ahh e só mais uma coisinha eu mudei o meu nome varias vezes desde o começo quando comecei a posta ou a comentar, mais agora esse e pra ficar :) (falei isso só pra você não me achar estranha :D ) RETARDADO NÃO? MAS TUDO BEM SÓ INSPIRA PELO JUSTIN KKKKKK





    TAAAH AGORA EU VÔ BJJJS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CARA! PARA! SUA FOFA! AF! Quase me faz chorar!
      OMG NÃO ACREDITO QUE VOCÊ LEMBRA DISSO ALSKDHJKSD "Uma história de amor... Diferente!" foi minha primeira fic aqui cara, e era tipo, um cocô de dinossauro bem feio kkkkkkkkkkkkkkkkkk você ta aqui faz tempo, eihn?! Cara, nossa senhora, você é uma fofa <3 prometo que não iremos mais abandona-lo e que você ainda irá sofrer muito com o nosso blog sadlkjsad zoa. vc n é retardada ok? és fofa <3

      Excluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Ameii.
    Continuaa Sua fic ta perfeeita, Anciosa aqi para o segundoo capitolo.
    Bejos e continuii vce escreve supeer beem!' :)
    OBS: Se for fazer para leitores autorizados miim chama Por favor, ;).

    ResponderExcluir
  13. Eu adorei! achei sua linguagem na escrita muito legal, e o histórico da spencer me deixou curiosa pelo oque vai acontecer pela frente. E olha: para um primeiro capitulo, você foi demais! Eu só achei que ta muito "comum" a historia. Claro, é apenas o primeiro capitulo e eu nao faço ideia do que virá mais para frente, mas pelo o que eu ja li pareceu bem aquelas historias tipicas. "O menino que come todas as garotas, a menina revoltada, eles se esbarram, se odeiam e BUM, se amam". Isso é uma crítica contrutiva!!! Só acredito que você deve deixar a historia menos comum e mais diferente das demais. Continua? Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela crítica construtiva, de verdade! Como eu disse ali em cima, eu aprecio esse tipo de crítica, me faz crescer. Admito que isso ficou meu clichê mesmo, mas pode ter certeza, é só o começo. É que isso era necessário para introduzir as personalidades dos personagens, entende?! Obrigada amor.

      Excluir
  14. Nossa,amei demais,muito bom mesmo.Continua o mais rápido possivel sua diva

    ResponderExcluir
  15. nossaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa perfeito , continuaaa

    ResponderExcluir
  16. amiga , tá mt bom msm , vai ter que ser convidado pro blog? pooooax me convide , n sei viver sem ele kkkkkk mtmtmt linda a fic continua

    ResponderExcluir
  17. Gio se vocês forem fazer mesmo isso de "leitores autorizados" ME CHAMEM please, amo esse blog, a admito que estou do lado da Ally entendo os motivos dela, i ela esta certa. mais voltando ao assunto se for rolar mesmo isso de "leitores autorizados" Me Chamem Pelo Bieber Amado,as fic desse blog são perfeitas, estou realmente apaixonada por esse blog entro uma mil veze por dia intao me chamem viu kkkk, to amando chosen, posta logo antes que eu morra de tanta ansiedade kk Biebejus sz sz

    ResponderExcluir
  18. ta perfeeeeeeeeeeeeeeeeeito

    ResponderExcluir
  19. Nooss Véy,
    Ne apaixonei só pelo primeiro capítulo, continua o mais rápido possivel sajuhsa'
    Xoxo Continua ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, antes que eu me esqueça,se você for colocar o blog apenas para convidadas me convida õ//

      Excluir
  20. amiiiiiiiiiiiiiiiiigs , continua logo vei kkkkkk

    ResponderExcluir
  21. Senti um leve toque de Fallen -livro extraordinário- e um pouco de American Horry Story. Me lembrou de Fallen por causa do reformatório, floresta e lago. E de AHS pela velhinha "simpática", a adorável Susan. "Aposto que sua bunda deve ser achatada, julgando pela quantidade de tempo que passa sentada neste local, mandando e condenando pessoas. ".
    Eu surpreendi quando eu li sobre o Bieber na sinopse. Pensei que você diria que ele é isso e aquilo, assim e assado. Mas na hora ele não seria nada daquilo, talvez fosse um pouco, mas não como dizia na sinopse. Quando eu li a parte que o Justin e a putinha estavam praticamente se comendo com telespectadores, eu ri. Achei impressionante como você não aumentou nada do que tinha na sinopse, e acredite em mim, foi um ponto positivo.
    Adorei sua escrita. Totalmente madura e misteriosa, nada a reclamar. Só de ler o primeiro capitulo deu para perceber que a fic vai ser daquelas like a foda -normalmente eu falo, escrevo na verdade ushaus, palavras feias '-' não se assuste-. E esse bagulho de leitores autorizados? Se tiver, minha fia me convide '-' ou eu acabo ficando maluca hsaushauh não suporto ficar curiosa fico meio bizarra.
    PS: Não sou tão chata quanto esta parecendo ok? Chata eu sou, não vou negar, mas nem tanto hsuah.
    PS2: Vou comentar na sua fic sempre que eu puder. Ou estou sem internet, ou a preguiça domina, ou não da pra mim entrar na internet(no pc) por problemas particulares e por causa dos meus estudos -escola é do capeta velho, fico chateada com isso-
    Well,continue logo pq conviver com a curiosidade não rola.

    BieberKiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se vc vir no segundo cap lá embaixo falando que eu queria mandar um abraço especial para algumas leitoras, principalmente, pode ter certeza que você é uma delas! Na verdade, foi por causa de você que adicionei aqui! lsakhdjkdh nossa cara, muito muito obrigada pelo comentário, sério. São comentários como esses que me fazem querer escrever!
      eu li fallen e sou completamente apaixonada, e nunca tive a oportunidade de ver ahs, apesar de todos dizerem que é perfeita. a verdade é que fui meio clichê na escolha da história da fic, e acabou coincidindo com esses outros, mas na verdade estou tentando ser original, e livros e series como essa me inspiram muito!
      vc pode falar palavroes e ser vc mesma comigo, pode ter certza q sou pior kalshdas vc n eh chata, é uma fofa, de verdade <333 muito obrigada, de novo!

      Excluir
  22. A-M-E-I sua forma de escrever, sério. Na boa, já comecei amando essa fic. :333 ' Continua, princesa! c:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se for chamar só algumas, me CHAMEM, pelo amor de Deus! E:

      Excluir
  23. aiiiiiiiiiin continua tá perfeito já no primeiro capítulo
    TA MUITO DIVA SUA IB
    CONTINUA LOGO
    SE NÃO VOU TE BATER ENTENDEU SUA LINDA?
    AHHHHHHHH
    CONTINUA CONTINUA CONTINUA

    Hey se puder leia minha ib também e divulga Flor?
    http://imaginebelieberhistoriasdaesye.blogspot.com.br/
    obrigado!

    ResponderExcluir
  24. Caraca ta perfeito continua
    Juliana

    ResponderExcluir
  25. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH MEU DEUS QUE PERFEIÇÃO ! CONTINUA PELO BIEBER AMADO !

    ResponderExcluir
  26. To loca, AMEI, continua *------------------*

    Belieber

    ResponderExcluir
  27. Uau Gio! Primeiro vou falar pelo modo "culto e formal", observando o modo de escrever e essas outras coisinhas: CARAI, EU NUNCA, NUNCA, NUNCA NA MINHA VIDA, NUNA VI ALGUÉM QUE ESCREVE TÃO FORMALMENTE E AO MESMO TEMPO TÃO LIVREMENTE COMO VOCE, CARA! Como voce consegue? Diva! Caramba, eu to mais do que impressionada. E agora, o que eu achei da fic: Ah, pfvr, se voce nao continuar logo isso aí, arranco sua cabeça, gatchênha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. se vc vir no segundo cap lá embaixo falando que eu queria mandar um abraço especial para algumas leitoras, principalmente, pode ter certeza que você é uma delas! Na verdade, foi por causa de você (e outra fofa) que adicionei aqui! lsakhdjkdh nossa cara, muito muito obrigada pelo comentário, sério. São comentários como esses que me fazem querer escrever! muito obrigada mesmo mesmo <3

      Excluir
  28. Eii Gio Divulgaa pra mim pleaseee
    http://imaginebelieberjb20013.blogspot.com.br/
    Biebejus sz

    ResponderExcluir
  29. Oiiii eu soy nova no blog!!! Eu li todas as #IBS.
    . AMEI TODAD PRINCIPALMENTE A #MARRY YOU ameiiiiiiiiik.... Mas continuaa ahhb e se você colocar só para convidados me escolhe eu não queria deixar de ler suad #IBS plissss ñ me deixa foraa do blogg .... bjus

    ResponderExcluir
  30. Nova leitoraaaaaaa \o/ \o/ \o/ continuaaaa esta perfeitoooooooooo

    ResponderExcluir
  31. AMEI O 1 CAPITULO, ESTOU ANCIOSA PARA OS PRÓXIMOS !!!!

    ResponderExcluir
  32. OMG Não Me deixa de Fora! Vc tem ideia de todas as vezes que eu entro aki! Jesus é a primeira coisa que eu faço assim que chego da escolaa! suas IBS são MUITO Perfeitas e a minha favorita é Marry you *0* então se o Blog for só para convidados por favor não me deixe de fora! Lhe implorooo issso

    ResponderExcluir
  33. WOW q daoraaa vééii continuaa logoooo
    bjsssssssssss

    ResponderExcluir
  34. AMEIII CONTINUAAA PLEAS!! DIVULGA MEU BLOG? http://imaginebeliebermyjuss.blogspot.com.br/ OBRIGADA

    ResponderExcluir
  35. Tá D+++
    Eu seei que é chato ficar pedindo, mais vcs podem ,ler a minha ib? obg!
    http://iimaginekidrauhl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Ai Gio, continua logo se nn vou te bater
    JIHSAJIKHSAJOJJSAKOKA'
    Xx :*

    ResponderExcluir
  37. AAAAAAAAAAAAAAAAAI MEU CORASSAUM.
    continua gata, pq tudo aqui é perfeito. ai sem palavras. amo fic's assim.

    @idrewdrauhl *:

    ResponderExcluir
  38. Aí kralho vim correndo qndo soube q teria listas de convidados kfmfjfchku a fic tá perf amgs. N faço um comentário maior pq digitar no celular não é uma boa opção hkmgfijr enfim. Bye.

    ResponderExcluir
  39. Me convida também? Eu amo esse blog e agora que começou Chosen quero acompanhar :) Beijos e continua pelo amor de Deus.

    ResponderExcluir
  40. Amo esse blog e não quero parar de ler quero acompanhar a Chosen :) Sou leitora nova mais ja li todas as ib e amo :3 não se esqueção de mim em

    ResponderExcluir
  41. blz agr já pode continuer né!

    ResponderExcluir
  42. Perfeitooooooooo continuaa

    ResponderExcluir
  43. Caaaaaara, você escreve super bem, to amando, continua logo hein! Acompanho o blog desde que tinha a fic "Who care?", acompanho desde o começo! Se o blog for ficar fechado só pra convidados, espero que me coloquem na lista... Adoro vcs! Beijos com swag s2

    ResponderExcluir
  44. Você escreve muito bem, menina. Posta logo o próximo capítulo, não aguento mais de tanto esperar! hahah *-*

    ResponderExcluir
  45. Perfeito, continuaaaaa

    ResponderExcluir
  46. cara ta perfeito!!! so ñ quero me apegar a sua IB...pq sempre que eu amo, as escritoras desistem e param de escrever no 1° ou na metade da historia :(

    ResponderExcluir