19 de mai de 2013

Chosen • capítulo 4 • consequências


As tempo se passou rapidamente e as doze horas da tarde, caminhava em direção ao refeitório. Não queria perder o almoço outra vez.

Diferente do dia anterior, como de se esperar, a cantina estava lotada. Lembrei-me passageiramente de algumas cenas de filmes que havia visto com minha mãe há muito tempo, onde nos grandes colegiais, todos os alunos se reuniam após as aulas para o almoço, e sentavam-se em grupos. Era como se estivesse em um destes filmes. Ao lado esquerdo, percebi que era onde a turminha de Justin se concentrava, e ao direito, os colegas de Jason, não perdendo em quantidade. 

Após me servir, recebi um sinal de Jason para que fosse me sentar junto a si, e enquanto caminhava em sua direção, senti a mesma mão gelada de mais cedo tocar meu ombro.

- Senta com a gente, Spencer. 

Justin levantou-se com a desculpa de que iria pegar uma sobremesa, mas agora sabia que tinha outras intenções. Percebi pelo sorriso cafajeste plantado em seus lábios.

Sem lhe dar resposta, encarei Jason, que já levantava-se e vinha em nossa direção, mas antes que chegasse, fiz um sinal discreto com as mãos para que ele parasse. Sorri confirmativa para Justin, que lançou-me outro sorriso vitorioso de volta. Enquanto caminhávamos em direção de sua mesa, pisquei discretamente para Jason, que logo sacou tudo.

- Sabia que escolheria os vencedores - disse-me, ao sentarmos - você pode ser raivosa, mas não é burra.

- Você sabe... É difícil resistir aos seus encantos. - pisquei meus dois olhos, tentando fazer charme. 

- É impossível, na verdade. - todos na mesa riram com ele, forcei-me também.

- É... - disse após um tempo, enquanto mexia em meu prato com o garfo - e sabe como você ficaria ainda mais irresistível?

Antes que ele pudesse assimilar algo, lancei meu prato de macarronada em direção ao seu rosto, acertando-o em cheio. Oh, depois teria que agradecer Harriette, a cozinheira, pelo menu escolhido para hoje.

Por alguns longos segundos, todo o refeitório se calou, mas então, ouviu-se uma voz desconhecida quebrar o silêncio.

- GUERRA DE COMIDA!

Então o caos instalou-se. Chuva de macarrão, molho e almôndegas pelo refeitório. Até mesmo os mais tímidos se renderam à "brincadeira". Virei-me em direção a Justin e percebi que ainda estava em estado de choque.

- Uma delicia. - disse enquanto escorregava o indicador em seu rosto, depois lambendo o molho na ponta de meu dedo. 

E sem nem mesmo ter tempo de reagir, fui empurrada contra a parede.

Seus olhos estavam em chamas, seus dentes, cerrados. Virou-se lentamente para direita e pegou o que coube em sua mão de macarrão. Com a livre, ele desceu um pouco o decote de minha blusa, e sem mais delongas, despejou tudo dentro, só então soltando a blusa. Seu quadril prensava meu corpo contra a parede, me deixando sem saídas. Mas mesmo que estivesse livre, apenas continuaria ali parada, pois estava completamente em choque.

Quando finalmente abri minha boca para dizer algo, outra voz fez-se, calando todos no local.

- JÁ CHEGA!

Era Susan. Todos pararam de jogar comida, mas ainda uma grande almôndega acertou bem no meio da sua testa, deixando-a ainda mais irritada. Tentei conter o riso, mas foi quase impossível.

- QUEM COMEÇOU ISSO?

Então todos os olhares se voltaram para Justin e eu.

- Os dois, para minha sala; JÁ!

E novamente, me senti como em um filme. Um caminho de pessoas foi aberto, e todas as atenções eram voltadas para nós, fazendo-me sentir exposta e humilhada enquanto andava a caminho da direção.

• • •

Dois dias por semana, 14 quartos, três semanas. Esse fora nosso castigo, além de ter que limpar todo o refeitório e o quartinho. Perderia várias horas de meu mês, dois dias semanalmente, com o ser que eu mais abominava no momento; além de Susan, é claro.

Meus pensamentos giravam em torno disso, enquanto esfregava pela milésima vez uma mancha de molho vermelho no assoalho que teimava em permanecer intacta. Era a última que me faltava. As duas últimas horas haviam sido longos, mas ao menos Justin permaneceu calado. Claro, tive que apostar que lhe beijaria se conseguisse ficar na sua enquanto terminávamos a limpeza, mas também é claro que não o faria. Ao menos cumpriu sua parte.

- Finalmente. - sussurrei para mim mesma, após finalmente remover a bendita mancha.

Joguei a esponja suja com força no balde, deixando respingar algumas gotas d'água no chão do refeitório, que agora brilhava.

- Ainda tem mais - Justin disse, exausto, sentando-se em cima de uma das mesas do refeitório - Mas valerá a pena. - sua feição de menino cansado mudou-se rapidamente para a de um garoto tarado.

Lancei-lhe um olhar repreendedor e tentei avisa-lo com calma.

- Não se esqueça do nosso trato.

Sua feição se fechou, abriu a boca por alguns segundos, mas permaneceu calado. Sorri aprovativamente.

Segurando a alça de um balde que levava todo o material de limpeza, segui até a vértice do refeitório, encontrando uma discreta porta terrestre bem ao canto. Justin me acompanhou.

Nos abaixamos, ficando lado a lado em torno da porta. Empurrei-a delicadamente, e a escada surgiu novamente, encontrando o chão. Um cheiro de perfume feminino abusivo e muito doce tomou nossos ofatos, e Justin o inspirou profundamente, com um sorriso malicioso brotando em seus lábios. Revirei os olhos para ele.

Descemos as escadas e então estávamos naquele quartinho sujo, que daqui não parecia ser tão pequeno. Pude o enxergar perfeitamente, apesar da má iluminação. Uma única lâmpada estática sobre o teto, além da fresta de luz que escapava por porta. Haviam vários móveis antigos; uma cômoda meio quebrada sem nada em cima, um velho guarda-roupa escuro e uma cama, que apesar velha deveria aguentar muita coisa nas mãos de Justin. Além disso, havia uma estante bem esculpida e cheia de livros ao alto.

- Travou?

Justin, pela primeira vez, soou brincalhão aos meus ouvidos. Ele me olhava com um sorriso divertido nos lábios, algo também inédito para mim. Tentei sorrir de volta para ele, então peguei as coisas e comecei o trabalho.

O tempo se passou sem que trocássemos uma palavra. Eu de um lado e ele do outro, e até que funcionou bem, pois em trinta minutos havíamos completado uma boa parte. De vez em quando nossos olhares se cruzavam e Justin sorria sem mostrar os dentes para mim. O retribuía igualmente, estranhado muito a situação. Não é que ele conseguia ser suportável quando tentava?!

Estava na pontas dos meus pés tentando alcançar uma mancha bem ao alto da parede, mas era impossível para a minha altura. Justin, ao perceber meu esforço, se aproximou, ficando há poucos centímetros de minhas costas.

- Deixa que eu te ajudo.

Suas mãos firmes seguraram minha cintura, e então me levantaram de uma só vez. Limpei o mais rápido que pude, me preocupando de estar muito pesada para Justin, mas ele parecia fazer o esforço de alguém que levanta um cachorrinho. Ao me colocar no chão, ele permaneceu parado atrás de mim, ainda mais próximo. Senti sua respiração quente bater em meu pescoço, e tentei não perder os sentidos. Sussurrei-lhe um obrigada e tentei sair, antes que ele tentasse algo, mas suas mãos permaneceram firmes em minha cintura, e me puxaram, virando-me para si. Sua testa tocou a minha e já podia sentir seu hálito fresco contra meus lábios. Seus dedos começaram uma caricia circular por cima do pano de minha camisa, e acabei rendendo-me aos meus pensamentos. Havia prometido-lhe o beijo, se o desse agora, não seria tão errado quanto parece. Apenas estaria cumprindo uma promessa. Fechei meus olhos forçadamente, esperando que viesse e passasse o mais rápido o possível, e principalmente, que não significasse nada. Mas antes de qualquer coisa, algo caiu sobre nós.

- Mas o que? - Justin agachou-se pegando o objeto, e o mostrou para mim, era um livro. - Como?

Você não pode fazer isso! Saia de perto dele.

- O que? Quem disse isso?

Justin me fitou confuso, com sua sobrancelha esquerda arqueada.

- Quem disse o quê?

Não troquem mais palavras, vá embora já!

Era uma voz feminina, disso tinha certeza. Tenebrosa, mas de não tanta idade, e capaz de arrepiar todo o meu corpo com uma curta frase.

Outro livro caíra da estante.

- Mas o que há com estes livros?

Não conseguia me concentrar mais em nada. Apenas uma visão borrada de Justin pegando inúmeros livros que caiam da prateleira, que não se mexera nada, passava por minha visão periódica. Minha cabeça girava sem parar, e senti que iria desmaiar. Mas não queria desmaiar ali. Justin falava algo, mas o interrompi, chamando-o para sair dali em um tom desesperado, que o assustou um pouco.

- Por que? Não terminamos tudo o que tínhamos para fazer. - ele se aproximou de mim, postando a mão em minha cintura novamente. Me afastei imediatamente. - Vamos lá Spencer, não seja difícil. 

Ele suspirou frustrado e então percebi tudo. O real motivo de toda a simpatia e delicadeza. Fingindo de bom moço para me ter. E ele quase conseguiu.

Desta vez, toda a estante caiu, muito próxima aos meus pés, então decidi que não ficaria mais nem um segundo ali. Segurei a mão de Justin e puxei-o até a escada. Apesar de toda a raiva que sentia dele no momento, não deixaria "seja lá o que fosse" fazer seja lá o que com ele.

- Mas você...

- Já chega! - gritei cortando-o. - Vamos dar o fora daqui agora, não importa o que eu disse. 

- Tudo bem então.

Ele permaneceu calado até chegarmos ao corredor de nossos quartos.

- Nem um beijinho? - Justin pôs seu pé impedindo que eu fechasse a porta de meu quarto.

- Não! Boa noite, Justin. - empurrei seu corpo para fora do quarto e tranquei a porta, só então permitindo-me desabar em cima de minha cama.

- Estou ficando maluca, por Deus!

Continua.

Oi. Demorei de novo, e foi por conta do mesmo motivo da vez passada. Não vou mais avisar nada, simplesmente não vou postar enquanto não tiver os comentários pedidos. Não deveria ter postado hoje porque ainda não tem o número que eu pedi, mas eu sou muito legal então rs obrigada a vocês que comentam sempre, são muito importantes para mim <3 font="" nbsp="">
Agora sim as coisas vão começar a esquentar na fic! Espero que estejam gostando.

Então vamos lá, 40 comentários?

Curtam a página do blog no face e me mandem perguntas pelo ask!

Gio Xx

52 comentários:

  1. Ok, esse foi o capítulo mais foda de todos! O mais foda dos fodásticos, querida. Eu simplesmente amei. E confesso que fiquei sem folego em determinadas partes.
    Como o Justin consegue ser tão safado e encantador ao mesmo tempo? Ai, fico apaixonada apodsk
    As perguntas que não querem se calar: "Quem é essa voz?", "Porque existe essa voz?", "Porque essa voz só apareceu para a Spencer?" e por último, mas não menos importante, "Porque o Justin quer tanto ficar com a Spencer? Será uma aposta? Sexta, no Globo Repórter". Tá, parei kk'
    O PESSOAL, BORA COMENTAR NÉ. NÃO QUERO FICAR SEM CAPÍTULOS, O.K? O.K

    2BieberKisses ADEUXXX

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vc sabe q eh uma das minhas "comentadoras" favoritas né? lsdkhjad acho mto interessante de ler os seus comentários, d vdd. Menino safado + encantador = vida. Suas respostas logo serão respondidas babe lkshdj

      Excluir
  2. Cooooooooooontinua PERFEITA vey AMEI u.u pleseeee...

    ResponderExcluir
  3. Nossa, continua logo, quero muito saber de quem é a voz.

    ResponderExcluir
  4. filha de Deus ilumenada q cap foi esse vai continua e concodo com as perguntas da mina la de cima veio pq ? Me conta logo aaaaaaaaaah quero saber kkk bjus isamara

    ResponderExcluir
  5. Meeeu Deus !! Que perfeitoo que voz e essa ?? O jason ? Hahaha acho que nao kk Continuaa

    ResponderExcluir
  6. Ok, agora isso ta se desenrolando ! Vozes do além, gosto disso HSUAHSUASHUAHS' Achei esse capitulo bem "filme escolar" e um POUCO clichê, mas, ta ótimo. Esse foi o começo do casinho, o que será que vem por ai hein ? Ai Senhor, nervosa demais shuaahsuahsuahsh' COntinua logoo, beijos <33

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tb imaginei mto um filme escolar na cena do almoço, essa foi meio q minha intenção ksdjf se vc gosta de vozes além entao c ctz vai gostar da fic heheh

      Excluir
  7. Que voz é aquela??? Continua por favor!!

    ResponderExcluir
  8. omg que perfeitooo .. uma das melhores IBs que ja li msm estando no começo esta espetacular serio msm parabens voce escreve muito bem :) continue logo to amando

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. OMB!!!! HSUAHSUASHUAHS' adorei de mais o capitulo! essa ib é perfeita. continua Gio!

    ResponderExcluir
  11. Posta "we're the best of friends" pleaseeee &---&

    ResponderExcluir
  12. CONTINUA AMOR, TÁ MTO LEGAL

    ResponderExcluir
  13. amo sua fic, eles vão ser perseguidos por fantasmas????????????????? o.o

    ResponderExcluir
  14. CONTINUUUAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  15. aiin mt divoo mano
    continua

    ResponderExcluir
  16. vish, agora tem um fantasma protegenda a spencer? kk
    por favor, que ela nao caia nas labias do justin. detesto quando isso acontece!
    esta realmente ficando mais interessante. eu amo quando tem esses "momentos hots", mas eu gosto quando vem apenas do justin, e que a spencer nao caia na da dele! sei la, uma hipotese que eu tenho sobre sua historia é que o justin mude por ela. sei la.
    enfim. ta legal! continua? beijooooooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. as coisas estao esquentando sim aldskh ainda tem mais, haha. qm sabe ele mude, ou talvez n... estou tentando ser menos clichê possível, espero conseguir!

      Excluir
  17. OMG!!!!!!!! Continuuuuuuuuuuuua,velho muito perfeita essa fic. Agora que tá esquentando tu para guria.CONTINUA MAN!Muito perfeita essa fic.Tipo demaaais,tá,agora continua.Outra coisa não demora pra postaaaar por favor! Porque essas vaca não comente e eu sofro hahahaha <3

    Ana Julia

    ResponderExcluir
  18. Caaaaara ta demais,continua please,preciso saber o que vai acontecer *o*

    ResponderExcluir
  19. Continua logo lego house *-----*

    ResponderExcluir
  20. velho continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, por favor , isso ta perfect

    ResponderExcluir
  21. caramba esse capitulo entra na lista dos cap perfeitos cara q voz é essa ein? to me perguntando akie'
    bom gente comenta aii porq ela tem q continuar o mais rapido possivel

    ResponderExcluir
  22. Olha primeiramente, eu nn gostei desse capitulo EU AMEI, cara como você consegue ser tão perfeita escrevendo? Ai cara eu amei esse capitulo, foi perfeito, você é perfeita , essa fic é perfeita,.tudo perfeitooo *---* Cara, você realmente consegue me deixar curiosa com esse 'continua' cfbdffx' eu imagino uma voz no fundo u.u kkkkkkk' okok nn sou normal , me prenda . Ai cara queria ter ficado de castigo com o Justin tbm, ai eu ia me trancar naquele quartinho junto com ele u.u KKKKKKKKKKKKKKKKK' Ok parei, coontinua, diva divosa u.u
    Xoxo
    Continua e POVO COMENTA CRL, EU NN QUERO FICAR SEM CAPITULO

    ResponderExcluir
  23. Não gostei, EU AMEI, como você consegue ser tão diva escrevendo, fazendo, imaginando? fdfds' Esse entra para a minha lista de favoritos, que eu acho que são todos gfgstf' E.. A Spencer ta vendo(ouvindo ç.ç) um fantasma ? Sera que é a mãe dela? O.o E se fosse você nn iria contar ghdva' Ai cara por mim que caisse ate aquele estante inteira na minha cabeça , ouvisse uma batida de funk eu beijaria ele mesmo assim u.u chgkf' xoxo continua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. jaldhdl mto obg meu amor! n posso dar spoilers se nao perde a graça, entao aguenta ai babe alskdhdsdhd nem eu, so em um historia inventada mesmo p algm parar o beijo do justin pq ne

      Excluir
  24. Continuaa!! ta muito show,é a melhor ib que eu li,não so muito fã de ler mais a sua até me encoraja a ler kkkkkkkkkkkkkk continua pf,e se nao tiver 40 comentarios seja boazinha de novo.kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. alkshdjlaksd melhor ib? hzd mto obg mesmo amor! espero continuar te encorajando a ler, e q vc acabe amando, q nem eu!

      Excluir
  25. O.M.G! Achei que teria rolado o beijo... por que diabos caíram livros da estante? Por acaso ela é amaldiçoada? Seloko.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. adoro quebrar expectativas akhdlkass vao ter q esperar mais um pouco para o beijo hahaha as respostas virão nos proxs caps!

      Excluir
  26. Perfeição define sua ib continuaaa

    ResponderExcluir
  27. OMG OMG OMG!!! LEITORA NOV, to amaaaando a sua fic, posta o outro cap, plzzz

    ResponderExcluir
  28. ook, caara a sua fic ê muuuito top!! posta logo

    ResponderExcluir
  29. ta muuuuito peefeito kkk. Serio, continua. agr eu quero saber oq era aquilo na estante de livros, faz eles investigarem...
    bjs e continua, por favor

    ResponderExcluir
  30. ~leitora nova~ comecei a ler a ib hoje, estou amando, continua. please!

    ResponderExcluir
  31. http://ibhotandromantico.blogspot.com.br/ amor me divulga pfvr? adimiro pra caramba seu trabalho awn *-*

    ResponderExcluir
  32. Muito fodaa! lol
    Continua

    ResponderExcluir
  33. NUSSASINHO MYGODDOCÉU TU QR ME MATAR GURIA ? EM ? CARALHA QUE FODA . TU TINHA Q SER ESCRITORA , PENSA SERIAMENTE SOBRE ISSO EM ! TU É DIVA PEDIR 40 COMENTARIOS Ñ É ND , PQ VC MERECE 1000000 . ESSAS LEITORAS INGRATAS DEVIAM TE AGRADECER POR VC SER TÃO MARAVI120524045 ! BJS BJS BJS E CONTINUAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sjd,bnkjsdfhsdhfdsf q fofa vcccccccc! qisso, p ser escritora tem q ser mto melhor q eu, mas obg pelo elogio babe <3 continuo simm hih

      Excluir
  34. MUITO MASSA MESMO!!! continua por favor, essa é a melhor ib que eu ja li!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. melhor? :o fico muito agradecida babe aslkdalskd espero q continue sendo! rs

      Excluir
  35. TIPO, A.M.O. SUA IB!!! EI DIVA, VC NAO QUER DIVULGAR A MINHA? lovebrazilieber.blogspot.com

    ResponderExcluir
  36. me divulga,please? :c
    http://imagineebeelieber(.)blogspot(.)com

    ResponderExcluir