5 de mai de 2013

Chosen • capítulo 3 • who's the boss?


O que deveria ser um cochilo de trinta minutos se transformou em uma hibernação de três horas. Tentei reprimir a fome e voltar a dormir, mas sentia como se houvesse um tigre esfomeado dentro de mim, que grunhia por comida. Realmente, não ingeria nada desde que havia saído de casa para vir para cá. Observei meu rosto no espelho que ficava ao lado da cama; estava pálida e fraca. 

Não precisei observar meu reflexo novamente para decidir que iria até o refeitório. Talvez a cantina estivesse aberta, ou alguma máquina de porcarias ativa. Apenas o breve pensamento fez minha barriga embrulhar, então pulei fora da cama instantaneamente.

Não muito tempo depois, me encontrava abrindo lentamente as portas do grande refeitório do Reformatório. E como já suspeitava, a cantina estava fechada e não havia uma santa alma no por lá. Após correr melhor meus olhos pelo local, avistei uma antiga máquina com algumas guloseimas e salgadinhos no outro canto do refeitório. Viva!

Acabara de tirar meu pacote de Ruffles sabor churrasco (o meu favorito) da máquina quando ouvi um barulho estranho, mais precisamente, um... Gemido. Olhei para os lados, mas não havia ninguém. Achei que fossem coisas da minha cabeça, e continuei meu rumo, atravessando o refeitório pelo meio, em direção à porta. 

Já estava do lado de fora quando escutei outro gemido ainda mais alto. Agora tinha certeza que não eram coisas da minha cabeça. E estava doida para dar o flagra em seja lá quem fosse. 

Segui o som, que me levou à  uma portinha no chão, perto da máquina onde havia pegado meu lanche. Agachei-me ficando ao lado da passagem e a empurrei devagar, tentando não fazer barulho. Em vão. Ao ser aberta, uma grande escada surgiu, indo da abertura até o chão, e o barulho foi inevitável. 

Ao ouvir o barulho, os dois que estavam nesta espécie de quarto saíram de baixo da fresta de luz que os iluminava e se cobriram com um lençol.

- Quem é? - a menina perguntou ainda escondida. Eles não podiam me ver, pois a claridade era muita, embaçando minha imagem, mas eu os podia ver perfeitamente. Sai antes que fossem atrás de mim, até mesmo esqueci-me do salgadinho. Minha barriga me martirizaria por isso mais tarde.

Em poucos minutos alcançara o quarto. Tranquei a porta e sentei-me na minha cama; estava sem fôlego da correria até o quarto e de tanto rir, mas rapidamente meu som cessou ao ver a imagem de um Jason um pouco molhado sair do banheiro apenas com uma toalha branca enrolada em sua cintura. Podia ver algumas gotas d'água escorrer por sua barriga, e entrarem por dentro de sua toalha, e por um momento, quis ser uma delas. Balancei a cabeça com o pensamento e desviei o olhar, sentindo minhas bochechas corarem.

- Posso saber o motivo de tanta risada? - ele disse bem humorado, procurando alguma roupa no armário.

- Acabei de pegar uns idiotas transando em um quartinho dentro do refeitório. - ri novamente ao relembrar da cena.

- Terceira vez na semana... O Justin está bem. - ele disse sem dar importância, e me espantando. 

- Como você sabe que era ele?

- Todos sabem. Esse é "o quartinho" dele. É pra lá que ele leva todas suas garotas, não importa que hora, que dia, quantas vezes na semana.

- E as garotas vão mesmo assim? Minha nossa! E a Susan o deixa usar aquele espaço para isso?

- Ela não sabe. Este quarto deveria estar completamente desabitado e lacrado, como estava. Mas Justin conseguiu de alguma forma destrancá-lo. Muitos dizem que o quarto é assombrado, mas isso é outra história, que apenas os muito supersticiosos acreditam. - Jason deu de ombros, logo após colocar sua blusa branca de gola "V".

- Nossa... - disse sem saber exatamente pelo o que acabara de ouvir, o pela simples cena de uma pessoa absurdamente gostosa se trocando em minha frente - Cada vez que conversamos, tenho ainda mais certeza do ninfomaníaco pilantra que Justin é. 

- Exatamente, e por isso queria pedir para você, sei lá, tentar se manter longe dele. Ele não presta Spencer, não cai nas suas armações, por favor.

- Você acha que eu sou fácil? Tem tanta certeza que ele vai me ganhar assim? - levantei minha sobrancelha direita o fitando meio revoltada.

- Não, não é isso... Quero dizer que ele pode te forçar a fazer coisas que não queira, entende? Ele é capaz de tudo para manter sua "reputação".

- Mas agora os tempos são outros Jay - me dei a liberdade de lhe dar esse apelido. - as mulheres têm suas próprias escolhas, suas próprias opiniões, fazem o que quiser, não precisam de homens para mandar nelas, e como uma feminista que se preze, vou mostrar a todos que ninguém manda em mim, e principalmente, mostrar que eu mando.

Meu olhar era de superioridade, meu queixo eriçado e peito estufado faziam lembrar os heróis de antigamente, guerreiros fortes que discursavam à favor da liberdade. Jason apenas contia o riso e me olhava com um sorriso engraçado, mas sua ironia não fez sentir-me boba; eu colocava fé em cada palavra que dizia.

• • •

Tudo nesta manhã parecia melhor. O céu mais claro, o sol mais intenso, até mesmo meu rosto estava menos inchado e coberto de olheiras. Lancei um breve sorriso para meu reflexo no espelho, testando como aquela movimentação dos lábios ficava em mim. Era... Estranho. Nunca sorria, não de verdade, apenas risadas irônicas e deboches, nada mais. Porém naquela manhã, queria sorrir. Talvez por conta clima, pela oportunidade de recomeçar, as novas amizades, ou talvez, porque esta noite, pela primeira vez em muitos anos, não tive o sonho. A opção mais provável seria a última, certamente. Desde a morte de minha mãe, toda a noite tinha o mesmo sonho repetida vezes. Geralmente eles não eram exatamente iguais, mas tinham sempre o mesmo foco. A mesma garotinha, o mesmo quarto. Livrei minha cabeça de tais pensamentos, tentando não estragar meu pouco bom humor que dera caras. Testei meu sorriso novamente, então sai do banheiro, encontrando com Jason já vestido, sentado na ponta de sua cama.

- Vamos? - ele disse após me observar por intero alguns segundos. Lancei-lhe meu mais novo e treinado sorriso, que foi retribuído com outro com certeza milhões de vezes melhor e mais natural do que o meu. Teria que treinar mais se quisesse competir com ele.


O caminho até as salas foi breve, e Jason mantivemos uma conversa leve e descontraída. Até os segundos de silêncio não eram constrangedores entre nós. Descobrimos que teríamos as mesmas aulas hoje, então passaríamos a manhã juntos. Direcionamos-nos à sala indicada e tomamos nossos acentos. 

Jason estava sentado em cima de minha carteira conversando com alguém ao seu lado, quando senti uma mão gelada tocar meu pescoço por trás.

- Dona estressadinha por aqui?! 

Não precisei de mais nada para saber de quem se tratava. Após o reconhecimento de sua pessoa, sua mão que antes não provocava nada, agora parecia ter perdido alguns graus, e lançar choques por todo meu corpo, arrepiando-me por completo.

- E ela esta acompanhada, do idiota. - Jason percebeu sua presença e virou-se em nossa direção, fuzilando Justin com o olhar. Antes que começassem uma briga, tirei sua mão de meu pescoço e tentei manter a conversa apenas entre nós dois.

- Se manda daqui, agora. - disse-lhe, ainda calma.

- Ou o quê? Vai me dar outra joelhada? Fique sabendo que ainda não me recuperei totalmente da primeira, meus testículos ainda doem.

- Tenho certeza de que não fui eu que causei isso. - soei o mais irônica possível, que fez seu sorriso superior desaparecer. Ele me encarou com suas sobrancelhas franzidas, como se tentasse entender algo.

- O que? Você... Era você ontem! - apenas confirmei com a cabeça - Aposto que queria estar no lugar dela, não queria?!

- Nem em um milhão de anos! Nunca me rebaixaria a este nível e nem nunca estarei tão carente ao ponto de ficar com você. 

Um coro de risadinhas se formou atrás de Justin e começaram a falar coisas tipo "vai deixar Justin?" ou "perdeu a manha garotão", o que o fez ficar furioso.

- Só esta falando isso porque estamos em público, tenho certeza que se fôssemos apenas nós dois você nunca recusaria. - sua voz agora era um sussurro provocante. 

Justin aproximou-se aos poucos, e quando estava perto o suficiente, descansou sua mão em cima de minha coxa coberta por a calça. Levantei-me prontamente da cadeira, ficando a sua frente, quebrando o contato físico. Estávamos cara a cara e eu o fitava com o olhar em chamas.

- É o que veremos. Não sou que igual à essas vadias que você pega na hora que quiser. Você deveria querer distância de mim, na verdade. Serei seu pesadelo. - seu olhar irônico e ao mesmo tempo malicioso tentava quebrar minha postura, mas não me deixava intimidar. Ouviram-se vaias novamente.

-Vamos ver quem é que manda, Spencer Hammings. 

Então ele se afastou.

Voltei ao meu lugar, respirando forte por conta de toda a raiva reprimida dentro de mim no momento. Poderia ter matado todos os idiotas que cercavam minha mesa e tentavam arrancar informações da "caloura corajosa que enfrentará Justin Bieber", mas apenas espantei-os, com exceção de Jason. Ele continuava sentado sobre o braço da mesa, e me observavas com um sorriso de satisfação.

- Garota com atitude. Gosto disso.

Então, com suas duas simples frases, por um curto período o mal-treinado sorriso de mais cedo voltou a se formar em meu rosto.

• • • 

Iai? Sei que demorei, mas a culpa é toda de vocês. Só porque eu não pedi comentários no capítulo anterior, não quer dizer que eu não queira nenhum. Não entendo como em um capítulo eu tenho 74 comentários, e no outro, 31! É sempre assim. Você gasta tempo, se dedica, e as pessoas só dão valor no primeiro capítulo e depois param, por pura preguiça. O que custa mandar algumas palavrinhas de incentivo? É só isso o que eu quero. E me desculpem vocês, que comentam sempre, apenas ignorem isso ok?! Aprecio o carinho de vocês. Só estou podendo entrar no pc nos finais de semana, então se quando eu entrar ainda não tiver comentários suficientes, vocês só terão o capítulo novo uma semana depois.

Desculpe se fui chata agora, é que realmente fiquei triste, mas vamos esquecer isso! O que acharam do novo capítulo? Meio clichê, eu sei, mas com o tempo vocês se acostumam. Perguntas na ask

50 comentários?

Gio Xx

twitter: @justmyjb
insta: giosdg
tumblr: collapsin-g
ask: justmyjb

48 comentários:

  1. Ta perfeito Gio , não demora ú.u

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAAAAAAAAAAAAAAAAAA , fui a primeira Ú.u

      Excluir
  2. Uuuiii amei esse "desafio" entre os dois kkk
    Continuaaa

    ResponderExcluir
  3. Continuuuuaaaa !! Não demora por favor !!

    ResponderExcluir
  4. Ta perfeito continua

    ResponderExcluir
  5. Uiii o bicho vai pega kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Amei ta muito boa, eu ri pra caramba nesse capitulo.
    continua
    beijos na sua big bunda

    ResponderExcluir
  6. Capítulo perfeição! Continua loogo , preciso de mais um capítulo dessa fic diva! :3

    ResponderExcluir
  7. haha' Gio diva como sempre,
    Continua minha gata
    xoxo
    Continua (faria ate um comentário maior mais eu to pelo cel :c )

    ResponderExcluir
  8. Tente não ligar para isso de comentários, eu sei que é chato dizer isso, eu já tive blog e sem o quanto doe passar muito tempo escrevendo e quase não tem comentários, a maioria lê e nem comenta por preguiça, mas tem sempre aquelas que comentam. Estou amando, continua, por favor!

    ResponderExcluir
  9. Continuaaaaa *-* to amando, melhor fic, ever.

    ResponderExcluir
  10. Esta perfeito e estou ansiosa para o próximo, deve ter discussão kkk. Continua

    ResponderExcluir
  11. eu adoro essa ib, sério, eu acho ela diferente, não é clichê...to ansiosa pro próximo capitulo.

    ResponderExcluir
  12. ain lindaa continua .so n demora pra posta plissss

    ResponderExcluir
  13. Cara essa é a unica IB que eu não consigo imaginar um final, ou o que vai acontecer no proximo cap. Normalmente pelo começo da IB ja sei como vai terminar, ou pelo menos imagino mas essa eu nao consigo e isso me intriga um pouco :s kkkkkk
    Mas ok, ta muito massa
    pf continua e nao demore tanto, na hr q tu vim aqui e ver q nao tem comentarios o suficiente pense em nós que comentamos ok?
    beijos, ate o proximo cap (:

    ResponderExcluir
  14. Amando demais *0* tem como dizer onde consegui o tema do blog que por acaso é lindo?
    By; Fernanda

    ResponderExcluir
  15. Continuaaaaaaa, pfto

    ResponderExcluir
  16. Hibernou só três horas? Vixe '-' se isso é hibernar então acho que eu vivo morrendo '-' (entendeu? kk). Jason molhado e só com um toalha na cintura, as mina pira. E meu coração Gio? Como fica? - nuss, "Gio" kk sou intima e nem sabia -
    O Jerry ta potente hein '-' terceira vez em uma semana? Nossa kkkk imagina só '-' não, pera '-' não imagine. DIGA-ME UMA COISA, o Jason ta começando a gostar da Spencer? Ou só a admira por enfrentar o Justin/não gostar do Justin? Já sei que tu não vai me dizer, mas não custa nada perguntar u.u
    Eu tenho preguiça de comentar e já lhe disse isso! Mas teve uma coisa que eu não disse. Eu também posso não comentar no capítulo por simplesmente não ter gostado do próprio. E não vou comentar só para criticar! Não acho certo apontar os defeitos sem ter alguma coisa melhor para oferecer. Só pra deixar as coisas claras e tal.
    Só no fim de semana? Vou chorar por você :c CARA TU NÃO FOI CHATA!!1! Só disse a verdade, e ta certa '-' Psé, foi meio clichê mesmo '-' mas acho que foi necessário para os próximos acontecimentos kk'. E fia, estou louca para que chegue o fim de semana para um novo capítulo kk'. Acho que o "continue logo" não vai servir e tal. Mas foda-se, continue logo, ok? Ok

    PS: Peço que leve em consideração minha sinceridade excessiva. É difícil controlar quando chega a ser uma mania insuportável.

    BieberKiss

    ResponderExcluir
  17. aaaaaa u.u jason e spencer?? SERA´? continuaa anciosa akiee

    ResponderExcluir
  18. que perfeito , continua logooooooooo ..
    esses dois , imagina quando se juntarem vai sair é fogo pra todo lado .. agora são só faicas kkk u.u

    ResponderExcluir
  19. Não shippo Spencer e Jason. Eles podem até se pegar, mas, namorar não. Shippo Justin e Spencer ! Personalidades fortes, animos alterados, estresse e ironia no sangue. Isso sim seria um casal explosivo haushuahau' Não deixo de admitir que o capitulo foi meio clichê, mas, isso não significa que foi otimo ! Anciosa para o proximo capitulo, beijão <3

    ResponderExcluir
  20. ta perfeeeeeeeeeeeeito!!!!! pf continua?

    ResponderExcluir
  21. vc escreva muuuuuuuuuuuuuuuito gio, parabens!

    ResponderExcluir
  22. Posta *------* amando amando essa história =))))
    Continue ^^
    Bjocas

    ResponderExcluir
  23. kkkkkkkkkk' MEU JESUS CONTINUA LOGO OBRIGADA LOL
    By:Jubs s2

    ResponderExcluir
  24. Tipo eu não posso comentar muito pq quase sempre q eu leio eu leio do celu então não da pra comentar desculpa ta...mas essa ib ta perfeita to adorando ook bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas sempre a de pra comentar eu cimento ta by:tali

      Excluir
  25. oh my bieber ta muito perfeito serio .. aposto que os próximos capítulos vao ser mais perfeitos ainda .. Spencer desafiadora u.u gostei .. tenho um pouco de mim nela kk .. mas aqui ta muito legal mesmo continue logo .. beijos ;D

    ResponderExcluir
  26. continua flor,pf essa ib esta perfeita continua to esperando

    ResponderExcluir
  27. continuaaa, vc e divaaa

    ResponderExcluir
  28. Perfeito continua logo porfavor

    ResponderExcluir
  29. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  30. #LeitoraNova

    coontinua ameeeei :)

    ResponderExcluir
  31. OOOiiii leitra nova aki estou adorando seu IB..... continua logo bjus *--*

    ResponderExcluir
  32. Ai cara to AMANDO. Essa IB ta muuito perfeita ! Continua logo :3

    ResponderExcluir
  33. Ai cara to AMANDO. Essa IB ta muuito perfeita ! Continua logo :3

    ResponderExcluir
  34. COMO VOCE PEDI 50 COMENTARIOS COMO ´´RETRIBUIÇÃO´´ SENDO QUE SÓ POSTA DE MIL EM MIL ANOS??? NÃO DÁ QUERIDA

    ResponderExcluir
  35. eu comecei ler ontem.Muito perfeito.Melhot ib desse blog.Continuaaaaaa anjo.

    Ana Julia

    ResponderExcluir
  36. peeeeeefeito
    continuar

    ResponderExcluir
  37. Perfeita essa ib!!! Continua por favor! Mt foda!
    Aninha

    ResponderExcluir