14 de mar de 2015

Nocaute ― Sinopse e Prólogo


  
  
  
Olha aí o mundo girando 
E a gente se esbarrando outra vez
Olha aí o meu coração indo contra a razão
Sentimento não se desfez 
Recaí quando te vi a paixão veio à tona 
Fui a nocaute, beijei a lona
O meu corpo tremeu
O tempo passou, a vida mudou, 
e ainda continuo seu...

۞
Justin vasculhou mais uma vez a gaveta, procurava uma antiga carta, uma de dois anos atrás. Sabia que estava ali. 
― Caralho ― Falou para si. Não estava ali. 
Vasculhou mais três gavetas, nada! Precisava daquela carta, seria a unica salvação do seu namoro. Onde poderia estar? PIN. Mensagem. Olhou para tela do celular. "Amor". 
Preciso falar com você.Vem aqui em casa.Agora!
Justin desistiu de procurar a carta, sabia o que encontraria lá, perderia sua namorada, perderia a unica garota de sua vida. Chorou. Chorou por perde-la. Chorou pela carta. Chorou por estar chorando. Limpou o rosto, precisava encontrar com ela. Vestiu o casaco, pegou a chave do carro. 
Correu, correu o quanto pode, o quanto seu carro aguentou, meteu o pé no freio mesmo. Três da manha, ninguém na rua. Meia hora se transformou em dez minutos. Parou o carro bruscamente. 
Entrou na casa. Subiu as escadas. Lá estava Lindsay. Sentada no chão do quarto. Chorava. 
― Eu vim o mais rápido que pude. ― Falou, sentando ao lado da futura ex namorada. 
― Percebi...― Seu choro era sem fim, Soluços e mais soluços. ― Chegou muito rápido. 
― O que é de tão importante? ― Perguntou, segurando a mão da menina, acariciando. Lindsay puxou a mão. 
― Eu não aguento mais. ― Soluçou. ― Não quero mais ficar com você.
― Então por que está chorando? ― Perguntou, acariciando a mão da garota. Ela puxou a mão novamente. 
― Por favor Justin! ― Gritou. ― Eu sinto falta do começo do nosso namoro! Sinto falta de quem você era! Porra, eu sinto falta da safadeza, do sexo! Hoje parecemos um casal de velhos. ― Soluçou. ― E eu vou me mudar para Paris. Vou fazer minha faculdade de moda lá. 
― Você vai para Paris? ― Justin falou. Sua garganta secou. ― Como assim você vai para Paris? E nós? 
― Caralho Justin! Não existe mais nós! Agora somos eu e você. Eu em Paris, e você aqui. ― Chorou.
― Eu te amo...― Justin sussurrou. 
― Vá embora. ― Falou. Lindsay limpou o rosto, levantou-se. ― Vá embora. Volta para sua casa. Segue sua vida. Eu vou sentir sua falta, mas ta na hora de seguir a vida, acabou o conto de fadas. 
― Eu te amo... ― Justin se levantou também. A puxou. Lindsay se soltou. 
― Vá embora. Agora. ― Gritou. 
Justin recolheu o pouco de vida que lhe restou. Saiu do quartou. Carregou com si todas as lembranças. Entrou em seu carro. Chorou. Chorou por tudo. Chorou até o que não deveria. Apenas chorou. Seguir a vida... 
۞ 
Oi mores, eu sou a Carol, e voltei com uma nova fanfic. Espero que gostem. Beijão.

5 comentários:

  1. Depois desse capitulo, volto a ler fanfic aqi no blogspot jkk

    ResponderExcluir
  2. Ansiosa pelo primeiro capitulo amor *-*

    ResponderExcluir
  3. Já to amando pelo simples fato de
    ter a música maravilhosa de Jorge&Mateus...

    ResponderExcluir
  4. Oieeee AMO o blog , to lendo tudo kkk , da uma passada no meu? obg ( http://josydobieber-imaginebelieberfic.blogspot.com.br/ )

    ResponderExcluir